Coluna do Blog desta segunda-feira

Armando Monteiro não renovou sua imagem perante o eleitorado pernambucano 

O senador Armando Monteiro saiu das urnas em 2014 como principal nome da oposição no Estado, ficando em segundo colocado diante da vitória do governador Paulo Câmara. Já se passaram três anos e o petebista não conseguiu reciclar sua imagem diante do eleitor pernambucano. Pelo contrário, o sim dele as principais reformas do Governo – a exemplo da trabalhista – repercutiu mal, pareceu uma sinalização contra quem o elegeu.

Um outro fator importante para um projeto majoritário é grupo, Armando se cercam dos mesmos, sem contabilizar muitas adesões novas. É possível até citar o grupo armandista que está de olho no Palácio, a família Costa – Silvio pai e filho, José Humberto e seu irmão o deputado Ricardo Teobaldo, o fiel escudeiro deputado Jorge Corte Real, esse são o que compõem o coração do grupo do senador.

Com um mandato parlamentar excepcional, sendo um dos senadores destaque no Congresso Nacional, Armando tem habilidade e preparo para discutir qualquer tema, porém não conseguiu aproximar seu discurso com o apelo das ruas de Pernambuco. Sobretudo, aproveitando mal os espaços nas rádios do interior e blog do interior. Se tornou um senador metropolitano o que difere de sua proposta eleitoral em 2014, recordo que até sua convenção foi em Caruaru sinal claro de um olhar para o interior. Sem esquecer, que sua passagem pelo ministério de Dilma não repercutiu como deveria nas suas bases.

Por fim, mesmo na agulha para disputar o comando do Estado, ele poderá tentar sua reeleição no Senado e garantir mais oitos anos com mandato, as pesquisas inclusive ressaltam isso. Além de uma grande possibilidade de se integrar a um projeto majoritário com os Coelhos e o PSDB. Veremos!

Solução caseira – Um dos calos principais de Governo do Estado é a Casa Civil, todos elogiam o fino trato que o governador Paulo Câmara trata aliados e oposicionista, mas quando o assunto depende da Casa Civil o tom muda. Uma solução caseira era aproveitar a competência, simpatia e experiência política de Milton Coelho, hoje na Administração, e levá-lo para articulação da Casa Civil. A imagem do Palácio seria outra, sobretudo com os prefeitos!

Rápidas

 

Caravana de Lula  – A caravana da campanha antecipada do ex-presidente Lula deixa o estado da Bahia após visitar 5 cidades em quatro dias, ele hoje desembarca em Sergipe e chega a Pernambuco no final de semana.

Repercussão – A nossa coluna do último sábado (19), a qual trouxe como tema principal a possibilidade da candidatura do Gustavo Gouveia, secretário de Obras, a deputado estadual ganhou muita repercussão entre os nossos leitores e nas ruas de Paudalho.

Pinga-fogo: Será que o Congresso aprova a Reforma política essa semana?

1 comentário

  1. Carlos Lapa Reply

    Armando continua sendo um grande nome para governar Pé.é limpo,competente diferente do atual que é um pau mandado da viúva e está envolvido em corrupção na lavo a Jato.A oposição tem outros nomes o Ministro Mendonça Filho outro político limpo ,capaz,competente poderáser o lcandidato.para derrotar este fantoche até Marilia Acrraes conseguem

Deixe uma resposta