Governo – Pandemia não acabou
Política

TCE rejeita relatório de gestão fiscal da Prefeitura de Condado, referente a 2012


edberto_quental

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) julgou irregular o Relatório de Gestão Fiscal da Prefeitura de Condado relativo ao 3º quadrimestre de 2012. O relator do processo, conselheiro Carlos Porto, aplicou uma multa de R$ 12 mil ao ex-prefeito José Edberto Tavares de Quental (DEM). Esse valor corresponde a 30% dos vencimentos do gestor no período de aferição (quadrimestral).

De acordo com o voto do relator, a Prefeitura de Condado vem, desde o primeiro quadrimestre de 2011, descumprindo o percentual de 54% (estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal) da Receita Corrente Líquida municipal com despesas de pessoal. No terceiro quadrimestre de 2012, o município comprometeu 73,16% das referidas receitas com a folha de pagamento da municipalidade.

Por essa razão, o RGF foi considerado irregular e o relator determinou que a decisão deste processo fosse acrescentada à prestação de contas do município de Condado, relativa ao exercício de 2012. O valor da multa aplicada deverá ser revertido em favor do Fundo de Aperfeiçoamento Profissional e Reequipamento Técnico do TCE após 15 dias do trânsito em julgado desta decisão.

Elielson Lima 15 jan 2014 - 19:46m

Comentários

Compesa

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog