Governo de Pernambuco – Use máscara 1
PCR – COVID
Sem categoria

Armando é o senador pernambucano que mais gastou verba ano passado


Pré-candidato ao governo do Estado, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) liderou o topo dos senadores pernambucanos que mais utilizaram a verba indenizatória em 2013. Na véspera de um ano eleitoral, o petebista gastou mais de R$ 376 mil com passagens áreas, hospedagem, gastos com combustível, divulgação de atividade parlamentar e consultorias, além de aluguel de imóvel e material para escritório.

O valor foi superior aos gastos em 2012 e 2011, primeiro ano do mandato do petebista. O montante serve como ajuda de custo aos parlamentares e varia de acordo com o Estado de cada parlamentar. Juntando os valores utilizados pelos senadores de Pernambuco, é possível identificar que somente no ano passado foram gastos R$ 1,05 milhão com verba destinada à atividade parlamentar. Cada senador pernambucano pode usar, por ano, R$ 435.199,20, valor que não foi totalmente utilizado por nenhum deles.

Além do montante reservado para custear cinco passagens de ida e volta todos os meses – no caso de Pernambuco os valores podem somar até R$ 21.266,60, por mês –, os senadores ainda têm direito a receber, mensalmente, até R$ 15 mil que podem ser utilizados em aluguéis, hospedagens, material para escritório e consultoria.

Caso a cota de R$ 36.266,60 não seja utilizada durante o mês, o valor restante pode ser compensado com outros gastos nos meses subsequentes.

No caso de Armando Monteiro, o principal gasto foi com passagens áreas. Somente nesse item, o petebista utilizou aproximadamente R$ 195 mil. Outro grande gasto foi com aluguel de imóveis para gabinetes. Nessa área, foram utilizados quase R$ 62 mil.

O menor gasto foi com a compra de materiais para escritórios. Nesse item, o petebista usou aproximadamente R$ 13 mil.

Do Jornal do Commercio deste domingo (2).

Elielson Lima 02 fev 2014 - 13:57m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog