Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Pernambuco

Governador recebe estudantes premiados da Imagine Cup


20140218-182919.jpg

O governador Eduardo Campos recebeu, na tarde desta terça-feira (18/02), no Palácio do Campo das Princesas, um grupo de estudantes e professor da Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (Etepam) premiados com o melhor projeto empreendedor na categoria Cidadania no desafio online da Imagine Cup, competição mundial de tecnologia da Microsoft.

O projeto do grupo da Etepam é o “Can Game”, um software que utiliza smartphone e o videogame Kinect, um sensor de movimentos do Xbox, da Microsoft, para ajudar crianças autistas a aprender habilidades sociais, motoras e matemáticas. A ideia surgiu durante as aulas de empreendedorismo ministradas pelo professor Eraldo Guerra. Na Etepam, a exemplo de todas as demais escolas técnicas ou de referência, empreendedorismo é uma das disciplinas da grade curricular. Professor e estudantes dos cursos de Manutenção e Suporte em Informática, Design de Interiores e Comunicação Visual formaram a Life Up – célula empreendedora que, com a premiação na Imagine Cup, está em vias de se transformar em empresa já de olho nas possibilidades do mercado.

O governador destacou o impacto social do projeto. “O desenvolvimento de uma criança autista não é simples. Com a criatividade e a inovação, tanto a vida pode ser melhor cuidada, quanto o serviço pode melhorar”, afirmou. Ele lembrou que, se hoje a Etepam dá exemplo com pesquisas e projetos inovadores, em 2006 a situação era bem diferente. “A ETEPAM estava para fechar. Havia apenas um curso, isso num momento em que o Mundo fazia o processo inverso, de valorização das escolas técnicas e integrais. Então assumimos o compromisso, em nosso programa de governo, de qualificar a Etepam e abrir novas escolas técnicas. Hoje, são 26 escolas técnicas estaduais, e até o fim do ano serão 40 unidades prontas para oferecer o ensino profissional”, destacou Eduardo.

O secretário de Educação e Esportes, Ricardo Dantas, afirmou que projetos desse tipo são frutos de uma política de Estado. “Como essa iniciativa, há muitas outras em diversas escolas técnicas e integrais. Isso porque a matriz curricular diferenciada, além proporcionar mais tempo pedagógico, nos permite inserir disciplinas como empreendedorismo para os estudantes de Ensino Médio”, argumentou.

Idealizador do “Can Game”, o professor Eraldo Guerra explicou que a intenção é disseminar práticas de empreendedorismo social. “Fomos primeiro lugar competindo inclusive contra universidades do Mundo todo. A própria Microsoft ficou surpresa que o vencedor tenha saído de estudantes de Ensino Médio”. Waldemir Lopes, 17 anos, estudante do 3º ano do Ensino Médio, agradeceu o reconhecimento. “Foi muito construtivo para nós receber esse reconhecimento do governador. Nos motiva cada vez mais

20140218-182831.jpg

Elielson Lima 18 fev 2014 - 21:29m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog