Governo – Pandemia não acabou
noticias

Vereadores de Gravatá acusam presidente da Câmara de quebrar regimento interno


A bancada de oposição da Câmara Municipal de Gravatá acusa o presidente da Casa Elias Torres de ter quebrado, por diversas vezes, o regimento interno para beneficiar a sua reeleição à Mesa Diretora para o biênio 2014/2015.

O grupo formado pelos parlamentares Leo do Ar (PSDB), o primeiro secretário Júnior de Obras (PPS), Luiz Prequé (PSB) e Dona Sônia (PP) estão respondendo a um processo de cassação de mandato por faltarem às sessões sem apresentar justificativa.

No entanto, eles alegam que o pedido foi feito após questionarem a maneira como Pedro Martiniano tem conduzido os projetos na Câmara.

O presidente nega todas as acusações e afirma que o grupo tem faltado com frequência e só dois apresentaram justificativas, mas que “comparecimento médico é diferente de atestado”, por isso não aceitou. Os oposicionistas também acusam Martiniano de tentar agredir Luiz Prequé e seu filho, o vice-prefeito Rafael Prequé.

Da Folha de PE

Elielson Lima 14 fev 2014 - 1:43m

Comentários

Compesa

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog