Governo – Pandemia não acabou
Sem categoria

Humberto Costa rebate ataques de Eduardo Campos a Dilma


DSC_0253

O líder do PT no Senado, Humberto Costa, vai usar a tribuna da Casa, hoje (11), para defender a presidente Dilma Rousseff (PT) das acusações feitas pelo governador Eduardo Campos (PSB), virtual candidato à Presidência. O socialista, em eventos recentes, tem dito que “o Brasil não aguenta mais quatro anos de Dilma”. As declarações, para o senador, diminuem o nível do debate sucessório. “Não adianta fazer a crítica e não qual dizer o caminho a ser seguido. Se o debate nesta eleição for de ideias, o Brasil vai ganhar. Mas se ele tomar o aspecto das agressões, acredito que a coisa pode descambar por um caminho que o povo não deseja”, avaliou o senador em entrevista a uma rádio local. Ele acusa o governador de fazer ataques pessoais a Dilma.

“O governador Eduardo Campos elevou demais o tom. Esses não são termos adequados tratar seja governador, seja um presidente. Temos que fazer uma campanha de alto nível e não com agressões pessoais”, rebateu o petista.

Elielson Lima 12 mar 2014 - 3:33m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog