Governo de Pernambuco – Use máscara 1
PCR – COVID
Sem categoria

Petistas querem atrair movimentos sociais para candidatura própria


humberto costa

Integrantes do PT insistem que partido não deve apoiar o PTB em outubro.
Os integrantes do PT insatisfeitos com o apoio do partido à pré-candidatura do senador Armando Monteiro (PTB) ao governo do estado não quiseram saber de folia nesta Quarta-feira de Cinzas. No início da noite, integrantes de correntes que defendem uma candidatura própria da legenda ao Palácio do Campo das Princesas se reuniram para traçar a estratégia de atuação.As correntes dissidentes precisam convencer os cerca de 300 delegados do partido até o dia 23 deste mês de que a candidatura própria é a melhor saída. “No dia 11, vamos fazer uma plenária com os movimentos sociais para debater essa questão. O local ainda não está definido, mas será à noite”, informou Oscar Barreto, que se coloca como uma das opções para ser o candidato do PT.

O cronograma envolve outras ações, inclusive uma conversa com os petistas que defendem o apoio a Armando Monteiro. “Vamos agendar uma reunião com a presidente estadual do PT, Teresa Leitão, e o deputado federal Fernando Ferro até o dia 15. Também vamos organizar uma petição pública a partir do próximo sábado”, informou.

Além de Oscar Barreto, se colocam como pré-candidatos do PT os Prazeres Barros, Edmilson Menezes, Osmar Ricardo, Zé Oliveira e Severino Nascimento, o Faustão. As correntes que defendem candidatura própria são O Trabalho, Esquerda Marxista Alternativa Socialista e Democrática, Coletivo Esporte e Lazer,  Coletivo Quilombo e Novos Rumos PE.

Elielson Lima 06 mar 2014 - 0:56m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog