PCR – COVID
Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Sem categoria

Irmão de Bezerra Coelho teria pedido dinheiro a doleiro, publica Folha de São Paulo


Uma matéria publicada na Folha de S. Paulo desta quarta-feira (16) revela que o ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Clementino de Souza Coelho, irmão do ex-ministro Fernando Bezerra Coelho (PSB), pré-candidato ao Senado, foi flagrado pela Polícia Federal pedindo dinheiro ao doleiro Alberto Youssef. Clementino presidiu a empresa pública, que é vinculada à antiga pasta de Bezerra Coelho, por um ano.

A publicação afirma que o ex-ministro escolheu o irmão para o cargo e que a Polícia Federal interceptou trocas de e-mails de Clementino com o doleiro, que está preso desde março. A polícia encontrou nas mensagens comprovantes de depósito em valores fracionados para “João”, além de pedidos de dinheiro para “Maria” e “Fábio”.

Os dois primeiros foram identificados por meio dos CPFs como João Clementino de Souza Coelho e Marina Cristina Navarro de Brito, filho e mulher de Clementino, respectivamente.

Em um dos e-mails, de 30 de janeiro deste ano, Clementino enviou a Youssef dados de uma conta bancária com os dizeres: “assim sendo fica: Fabio 30, Maria aprx 35, joao 60”. A expressão “aprx” significa “aproximadamente”. O pedido teria sido “reforçado” no dia seguinte.

No dia 4 de fevereiro, o doleiro enviou os dados bancários de João Clementino e de Maria para um contato que a PF suspeita auxiliar Youssef no possível crime de evasão de divisas. O possível auxiliar teria escrito “60.000.00” embaixo do nome de João e “35289.00” embaixo de “Maria”. A PF teria apreendido ainda comprovantes de depósitos em nome de João Clementino.

A publicação afirma não ter conseguido falar com Clementino e com a esposa e não ter conseguido localizar João Clementino. À Folha de S. Paulo, Bezerra Coelho disse desconhecer o assunto.

Por meio de nota, o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho afirma que não nomeou Clementino Coelho para assumir a presidência da Codevasf.

Em relação à matéria veiculada pela Folha de São Paulo, nesta quarta-feira, Fernando Bezerra Coelho esclarece:

Ao contrário do que afirma a reportagem, Clementino Coelho não foi escolhido por Fernando Bezerra para assumir a presidência da Codevasf. Clementino atuava na empresa desde 2003, como diretor de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura. Ao assumir o Ministério da Integração, Fernando formalizou a indicação de um novo nome para responder pelo cargo, atribuição específica da Presidência da República. Com a demora na designação da nova diretoria, o diretor mais antigo na casa passou a responder pela presidência, conforme regula o estatuto da Codevasf. Esta era a condição de Clementino em 24 janeiro de 2011.

Clementino não exerce mais função no serviço público há dois anos, tendo saído do cargo em 10 de janeiro de 2012. Confiamos que as explicações sobre o tema sejam prestadas, para que todos os fatos fiquem esclarecidos.

Elielson Lima 17 abr 2014 - 2:25m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog