Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Sem categoria

Jarbas cobra apoio integral de Paulo Câmara a Aécio


IMG_4873.JPG

Paulo Câmara disse que Aécio não era o candidato ideal do PSB.

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) aproveitou a entrevista concedida nesta quarta-feira (15) à Rádio Jornal para cobrar um apoio integral do governador eleito Paulo Câmara (PSB) à candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República. Em entrevista publicada no jornal O Globo, Paulo Câmara diz que apesar de apoiar o tucano, ele não é e nunca foi o candidato ideal do PSB; papel que caberia ao ex-governador pernambucano Eduardo Campos, que faleceu em um acidente aéreo em agosto, em meio à campanha para presidente.
“Não dá para estar discutindo mais isso, questionando o apoio. Já basta o povo indeciso. A gente não pode colocar mais indecisão”, cobrou o senador peemedebista. “Ou você apoia, ou não apoia”, afirmou Jarbas, após confirmar que a declaração era direcionada a Paulo Câmara.
O senador também confirmou ter sido sondado por uma pessoa sobre a possibilidade de substituir Paulo Câmara por outro candidato do PSB após a morte de Campos, quando o corpo ainda estava em São Paulo, e classificou a manobra como “golpe” no mesmo instante.
Ele disse não ter conhecimento de que foram realizadas reuniões para tratar do assunto. Há dez dias, Câmara foi eleito governador com mais de três milhões de votos; o equivalente a 68,08% do eleitorado pernambucano.
Governador entre 1999 e 2006, Jarbas elogiou o perfil de Câmara, a quem apoiou na disputa pelo Governo de Pernambuco. “Ele tem predicados que são importantes. Tenho certeza que ele vai procurar acertar”, garantiu.
ESTRATÉGIA – O senador, que passará a ser deputado federal a partir de 2015, também confirmou que a sua declaração de apoio a Aécio antes mesmo de a apuração ter sido concluída foi uma estratégia para atrair apoio para a campanha tucana.
No sábado (4), antes da eleição, Jarbas ouviu de uma amiga após a divulgação das últimas pesquisas de intenção de voto antes da eleição, que não era o momento de titubear, ante a possibilidade de Dilma ser eleita. O senador aproveitou a frase e preparou a nota de apoio a Aécio antes mesmo de ir votar no domingo (5).

Elielson Lima 15 out 2014 - 19:14m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog