Novo PCR
Novo Jaboatão
Gov – Plano de retomada
Copergás
Brasília

#Opinião Marina e seu eleitor volátil

Publicado em: 05/10/2014 - 23:34m

Marina-Silva-coordenador-deixa-campanha

Por Elielson Lima

A duas semanas atrás, nenhum especialista em política tampouco militante imaginaria o fato da candidata Marina não estar indo para o segundo turno. O que pensar que levou a isso?

O fato é que a candidata neosocialista ziguezagueou entre as críticas vindas da presidente Dilma e do candidato Aécio, além de parte incoerente do seu discurso da “nova política”, que a colocou em “saia justa”, sobretudo, no debate da Globo.

Na minha impressão, ele foi tucana demais para os eleitores de Dilma e petista demais para os eleitores de Aécio. Não se posicionou ou faltou impostação em seus discursos e em seu programas, ficando muito na oralidade, sem praticidade.

Destaco que para as classes A e B, Marina apresentou mudanças mas não segurança para governabilidade desse país. Já para as classes C e D, acrescento até a E, o medo criado pelos ataques vindos dos outros candidatos fez a campanha da socialista “derreter”, além de contar negativamente com pequeno tempo de TV e Rádio para se defender.

Por fim, o que me resta é perguntar, como será a posição de Marina agora, será que ela vai repetir 2010? Ficando em silêncio e omissa no segundo turno ou vai migrar e se aliar a “velha política” tucana contra o governo petista de 12 anos? Aí vai minha opinião, ela deve caminhar para neutralidade, haja vista que o Aécio achincalhou-a demais e com a Dilma, nem pensar!

No mais, vamos aguardar essa semana, essa é uma novela que só está no início.

 

Elielson Lima 05 out 2014 - 23:34m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Publicidade _ Petrolina

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog