Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Sem categoria

Artigo de opinião: Quando um professor vale menos que um vintém, por Patrocínio Freire


sALA

Por Patrocínio Freire

O ano que passou foi eleitoral. Todos os postulantes a cargos públicos fizeram promessas: uma mais mirabolantes, outras mais reais. Todo, sem exceção, exageraram na dose. Só esqueceram de combinar com o povo.

O ano de 2015 começou com uma ESPERAÇOSA proposta da Presidente Dilma: A PÁTRIA EDUCADORA. As práticas e a política implantadas, no entanto, já demonstravam ser vazias… Um ministro que não entendia de Educação e uma política que não entendia de prioridade popular. Diga-se de passagem, o PT do primeiro governo Lula sumiu. As propostas de uma esquerda que priorizaria a educação em detrimento do assistencialismo pedagógico deu lugar ao conservadorismo político e à subserviência de um neoliberalismo cada vez mais à direita.

A Pátria Educadora já começava (Des) educada: “Educada” para acolher a lógica do mercado, que visualiza a relação professor-aluno-professor como uma mera relação mercadológica entre clientes e prestadores de serviços; e “Des-educada” por não priorizar o bom senso no trato com a educação.

O efeito cascata se concretizou. O Estado tornou-se refém de um ajuste econômico que já se vinha anunciando. A lógica estava já estipulada: a Educação não seria prioridade. O cortes viriam, as promessas se tornaram voláteis e os políticos menos populares.

A consequência disso foi a insatisfação das classes de trabalhadores e, em educação, a insatisfação dos primeiros responsáveis pela tarefa de educar: OS PROFESSORES!

Em nível de Brasil, os cortes na educação foram anunciados. A educação, mais uma vez ficou à mercê das promessas. A educação federal foi golpeada e os Estados sofreram a consequência dos devaneios econômicos e galopadas eleitorais.

Em nível de Estado, houve a judicialização da insatisfação dos professores. É óbvio que se torna impossível se dobrar o salário de toda uma classe em tempos de crise. Mas a questão não está aí. A questão está NA FORMA QUE SE DESENVOLVE O DIÁLOGO.

E aqui está o FOCO da questão: NÃO SE DIALOGA COM OS PROFESSORES!!!

É verdade que também muitos SINDICATOS politizam de tal forma as suas reinvindicações que acabam também NÃO DIALOGANDO COM O ESTADO.

Mas como está o DIÁLOGO COM OS PROFESSORES?

– Ontem o Governador do Paraná Beto Richa deu uma demonstração de como a Educação está sendo tratada no nosso país: COM SELVAGERIA. Os professores não valem mais que um vintém!!! Na verdade, valem menos! Os professores são massacrados em praça pública pelo poder do Estado em nome de uma Democracia que tira Direitos e impede de ter condições mínimas para o trabalho. Para o poder público brasileiro o PROFESSOR parece ter apenas uma serventia: manter os alunos em sala para o reto exercício da ordem estabelecida (que nem sempre é a democrática); Ao perseguir os professores com cães e policiais, o Governo do Paraná demonstrou o seu total descaso para com a Educação.

É inadmissível numa Democracia como a nossa que não haja o diálogo entre o Governo e os professores.

Se não há como ter um aumento Real, então por que os Srs. Governadores não chamam os representantes dos professores e a sociedade a apresentam as planilhas de custos com a sua devida situação e as suas possíveis projeções???

Não é possível entender como em PERNAMBUCO os Deputados Estaduais aumentam seus próprios salários em tempos de ajuste econômico. É incompreensível como as verbas partidárias assumem um ajuste meteórico enquanto que os ajustes salariais dos professores não merecem sequer serem analisados.

Será que é pelo fato de serem milhares os professores? Garanto que o melhor caminho não é fechar o ESTADO para um balanço. Porque aí, o Estado não funcionaria.

O diálogo é sempre o primeiro caminho. Para um diálogo autêntico requerer-se sujeitos autênticos e relações autênticas. Ser verdadeiro, nos números e nas intenções é o primeiro passo para que um dia os professores, mestres de todos os que hoje são governantes, possam se orgulhar do seu verdadeiro valor que é MUITO MAIS QUE UM VINTÉM!!!

Elielson Lima 04 maio 2015 - 14:26m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog