Governo de Pernambuco – Use máscara 1
PCR – COVID
Mata Norte

Vereadores de João Alfredo aprovam contas de Severino Cavalcanti


severino3-2Sem alarde, todos os vereadores da cidade de João Alfredo passaram por cima de parecer do TCE, que pedia a rejeição das contas do ex-prefeito Severino Cavalcanti (PP) pelo ano de 2012, seu último ano de mandato.

Apesar de Cavalcanti não ter cumprido os 25% em educação, ter ultrapassado o limite de gastos de pessoal e não ter recolhido 440 mil reais à previdência municipal, os vereadores resolveram ignorar as irregularidades, em sessão realizada em 9 de junho.

Os vereadores fizeram questão de deixar por escrito os motivos pelos quais absolveram Severino Cavalcanti das acusações feitas pelo TCE.

“Entendeu este Poder Legislativo que as leis deverão ser cumpridas por todos aqueles que exercem funções públicas e principalmente os gestores públicos, mas que deverá haver alguma tolerância por aqueles que julgam”, justificaram os parlamentares.

Severino Cavalcanti foi um dos nomes mais importantes da política nacional, no primeiro mandato do Governo Lula, chegando a presidir a Câmara de Deputados. Todavia, no que ficou conhecido como escândalo do “mensalinho”, foi forçado a renunciar ao mandato de deputado federal em 2005. Depois, não conseguiu se eleger deputado federal em 2006.

Em 2008, usando do próprio celular, exibiu aos eleitores um vídeo do ex-presidente Lula lhe tecendo os maiores elogios, conseguindo se eleger prefeito de sua terra natal.

A aprovação da Lei de Ficha-Suja, em 2010, entretanto, lhe trouxe dificuldades, já que a nova legislação tornava inelegíveis os políticos que renunciaram a mandato parlamentar para escapar de cassação, como ele fez em 2005. Devido à incerteza jurídica se poderia ou não ser candidato à reeleição como prefeito, resolveu não disputar em 2012.

O prazo de sua inelegibilidade pela renúncia ao mandato de deputado já está vencido, pela Lei de Ficha-Suja. Com a ajuda dos atuais vereadores, que ignoram as rejeições enviadas pelo TCE, o ex-prefeito continua fora da Lei de Ficha-Suja, em tese.

Foi o que bastou para seu grupo político articular novamente, nos bastidores, sua candidatura a prefeito de João Alfredo.

Do Blog de Jamildo

Elielson Lima 30 set 2015 - 19:58m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog