Governo – Pandemia não acabou
Coluna

Coluna desta quarta-feira


PIRES-NA-MÃO

Prefeitos com pires na mão, encontra governador na mesma situação

Parece até uma rima de um cordel, mas é a pura realidade no Brasil e em Pernambuco não é diferente! Uma verdadeira romaria de prefeitos e vereadores vão quase todos os dias ao Palácio do Campo das Princesas em busca de novos aires, na verdade de um novo oxigênio para suas gestões. Quando chega lá, encontra uma equipe e um governador na mesma situação. Isso é lamentável! 

Quando se discursava sobre o novo Pacto Federativo parecia um discurso de campanha ou algo que estava muito longe de nós. Na prática, a coisa urgente ou se faz logo essa reforma da distribuição dos impostos ou o caós vai ser total.

Enquanto isso, Dilma está preocupada se vai cair ou não. E o tempo passando, o Brasil sendo colocado para segundo plano.

belarmino_vasquezOuvindo o povo – O prefeito Belarmino Vasquez (foto), adotou uma medida mais que inteligente, ele vai realizar um plebiscito para a população escolher uma grande obra para a cidade. O gestor está reinventando o Orçamento Participativo. Ele tem grande chance de ser reeleito!

Tomando fôlego – O ex-prefeito de Carpina e pré-candidato ano que vem pelo PTB, Joaquim Lapa conta agora com o apoio intensivo do deputado estadual José Humberto e do deputado federal Ricardo Teobaldo, ambos homens de confiança do ministro Armando Monteiro. Parece que agora a campanha vai pra rua de fato.

Botafogo x Botafogo – É um caminho sem volta a candidatura a prefeito de Júnior Botafo, sobrinho do deputado Manuel Botafogo. A briga está feita! Mesmo não sabendo no campo pessoal. Quem vai recuar? Vai ter recúo? Essa é um resposta que só teremos ano que vem!

Rápidas

Em Palácio –  O prefeito Pereira (PSB) e uma comitiva composta de secretários e vereadores de Paudalho foram recebidos ontem pelo governador Paulo Câmara. Na pauta, ações e parcerias entre a Prefeitura e o Estado.

Passos lentos – Diferente do Governo Eduardo Campos, o staff político do governador Paulo Câmara ainda não acertou o ritmo da condução política, a exemplo na Mata Norte. Talvez seja a hora de trocar algumas peças no tabuleiro.

Pinga fogo – Como o Palácio vai se comportar nas eleição em Carpina?

Coluna publica nesta quarta-feira, dia 4 de novembro de 2015

Elielson Lima 04 nov 2015 - 3:06m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog