Governo – Pandemia não acabou
A casa está caindo

Em homenagem, Inocêncio diz que impeachment aconterá "entre março e abril"


images|cms-image-000467443 O ex-parlamentar Inocêncio Oliveira defendeu a cassação de todos os deputados e senadores envolvidos nos casos de corrupção e desvios na Petrobras. “Qualquer um sobre o qual haja prova deve ser casado”, afirmou durante uma homenagem pelos seus dez mandatos de deputado federal e 40 anos de vida pública. Inocêncio também afirmou acreditar que o impeachment da presidente Dilma Rousseff deverá acontecer até março ou abril do próximo ano. “Até agora não se chegou diretamente (denúncias) a ela, e não se pode fazer impeachment por mau governo, mas há muitos erros (de gestão) em julgamento”, disse.

Inocêncio, que integrou os quadros da Arena durante a ditadura militar, e em seguida PDS, PFL, PL e PR, defendeu a democracia e pediu que o Congresso se una em torno de um projeto capaz de tirar o país da crise. “Não há tempestade que possa mudar (o rumo) da democracia. “Deixei (a Câmara) na hora certa. O que está acontecendo é a negação da luta política. A maioria está sendo investigada. É até vergonhoso dizer que é deputado. Vamos deixar as picuinhas de lado e ajudar o País a superar a crise”, disse.

Elielson Lima 19 nov 2015 - 4:07m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog