Governo – Pandemia não acabou
Coluna

Coluna desta terça-feira


câmara-de-vereadores

A janela da “infidelidade” mudará a cara da Câmara de Carpina

O quadro partidário do Câmara de Vereadores do Carpina, empossado a um pouco mais de três anos, está próximo de ser bastante mudado. A partir da próxima quinta-feira, os vereadores estão liberados para a pular a cerca e mudar para de sigla.

O período de infidelidade partidária sem nenhuma punição por meio da Justiça eleitoral estará liberado por um mês a partir do dia 18 de fevereiro. Com essa mudança, entre 10 e 13 vereadores carpinenses  deverão migrar para partidos diferentes dos quais foram eleitos em 2012. A maioria, para se instalar em um novo grupo político ou garantir mais tranquilamente sua reeleição.

Lembrando que essa lei não pega os cargos dos Poderes Executivos (presidente, governador, prefeito e senador que são considerados majoritários). Até o prazo final, as negociações se intensificarão e essa é a hora de quem errar menos ampliar sua chance de vitória em outubro. Como bradou o  general romano Júlio César: “a sorte está lançada!”.

Carlos LapaLapa é Lapa – O ex-deputado Carlos Lapa concedeu entrevista ao Ponto a Ponto e foi muito claro com seus posicionamentos, elogiou sua sobrinha Manu Lapa mas declarou que votará em Jorginho para vereador. “Ele vem fazendo um grande mandato”. Posição diferente do seu irmão e pré-candidato Joaquim Lapa que nas últimas declarações públicas vem afagando o vereador Bruno Ribeiro.

De olho em 2020 – Na mesma entrevista, o ex-parlamentar afirmou que a ex-deputada estadual Ana Carla Lapa, sua filha, poderá concorrer a Prefeitura de Carpina. “Sonho com um Lapa na Prefeitura, mas não agora. E sim em 2020, Ana Carla está se preparando pra isso”, reafirmando seu apoio a candidatura de Botafogo.

Rápidas

20160215191427

Feira Nova – O bem avaliado prefeito Nicodemos já pensa em sua sucessão, segundo informações o nome mais preterido é de sua secretaria de Infraestrutura Juliana Chaves. É jovem, mulher e está conseguindo agradar o grupo.

Paudalho da oposição dividida – Depois de anunciar uma coalisão com o Dr. Maicon e Neo Amorim, Léo Coutinho anuncia por meio do seu perfil no Facebook (foto) que será candidato pelo PDT. É prego batido e ponta virada, ele andou  pousando até com o prefeito de Paulista, Júnior Matuto.

Pinga-fogo: Com a mudanças de partidos, qual grupo em Carpina perderá mais?

 

Elielson Lima 16 fev 2016 - 3:15m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog