Governo – Pandemia não acabou
Opinião

Desligando a tomada, por Charles Meira


Moro num país tropical abençoado por Deus e bonito por natureza, assim canta até hoje Jorge Ben Jor.
E, porque os nossos governantes deixam a população a mercê das companhias de energia elétrica, quando temos um vasto campo para ser explorado, pois a letra da música já diz ” moro num país tropical” onde o sol está presente em quase todo os dias do ano, nosso verão é intenso, e a energia pode ser tirada sol, do ar as conhecidas energia limpa, e o governo não investe nessa energia alternativa  deixando a população nas garras dessa companhias que usurpam o dinheiro do povo.
No ano passado conhecemos as bandeiras nas nossas contas de energia, a bandeira verde, amarela e vermelha, que foram colocadas para nós pagarmos a conta da irresponsabilidade e a conivência  desse governo, onde tem a Annel, que é para regular,  fiscalizar, mediar e estabelecer tarifas, só que ela funciona contra o consumidor pois no mês que sai as bandeiras vem um aumento de 11,66 % nas faturas residenciais, e nós continuamos pagando a conta desse governo que não defende o povo, e engana com programas sociais.
A pergunta que fica no ar é a seguinte: Porque o estado não investe nessas fontes  de energia que existe na natureza, pois hoje para qualquer cidadão colocar placas fotovoltaicas na sua residência custa muito caro, dessa forma entraria o governo diminuindo os impostos e até subsidiando os materiais que compõe os kits de energia solar.
A nossa esperança é que um dia o Brasil seja governado por pessoas que não tenham conchavo com empresa nenhuma e que que governe para o povo e pelo povo.
O que resta para nós hoje é desligar a tomada, e tentar economizar o máximo, e continuar pagando a conta da Petrobrás, Eletrobrás, e tantos outros brás.

 

Elielson Lima 30 abr 2016 - 1:16m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog