Governo – Pandemia não acabou
Coluna

Coluna desta quinta-feira


Câmara de Carpina entra em recesso e volta em meio ao clima de campanha

A Câmara de Vereadores do Carpina entrou em um curto recesso depois de um semestre de produção legislativa considerável. Muitas audiências públicas, reuniões com segmentos, mesmo com muitas críticas o parlamento carpinense vem se destacando na região.

Como em todas as Casas Legislativas, a partir de julho começa o último semestre desse mandato, os 15 vereadores terão que conviver com a animosidade eleitoral e o dia dia da função parlamentar. Terão que saber dividir bem e deixar claro a população que o palanque estará armado da porta da Casa Dr. Murilo Silva pra frente, isso vale para todas as Câmaras da região, dentro do recinto tem discutir e propor a cidade.

Um outro desafio será fazer o balanço do mandato nos palanques para renovar os próprios mandatos, quem está na titularidade sempre sofre com o desgaste do poder, porém acredito muito que esse pleito beneficiará os mandatários. E digo o porquê, primeiro lugar, tempo mais curto de campanha, quem está no mandato está sendo divulgado a 4 anos; Segundo, estrutura de campanha, além da formação de grupo ao longo do processo. Como dizia o imperador romano, Júlio César: “a sorte está lançada!”, e que vença o melhor ou quem errar menos e propor mais!

Vice (Parte 1) – O vereador Marcelo Pascoal (SD), já é dado como certo na vaga de vice na chapa do pré-candidato a prefeito e deputado estadual Manoel Botafogo. Mesmo se esquivando dessa certeza, aliados confirmam a dobradinha. Marcelo foi o vereador mais votado na eleição passada em Carpina.

Vice (Parte 2) – O vereador Jorginho Lapa (PTN), sobrinho do pré-candidato Joaquim Lapa defende o nome da atual vice-prefeita Marta Guerra (PMDB), para vice na chapa do seu tio. “Ela é uma mulher honrada e tem trânsito com a cúpula do PMDB em Pernambuco, inclusive com o vice-governador e o deputado Jarbas”, defendeu.

Rápidas

Lagoa do Carro – Com o ingresso oficial do deputado Botafogo no palanque de sua irmã Judite, será que muda o cenário na cidade? O prefeito Jailson (PSB) vem fazendo uma gestão equilibrada, mas lá terá clássico!

Itaenga – De um lagoa para a outra! Outro clássico que promete na região é o pleito na cidade de  Lagoa de Itaenga, não subestimando os outros pré-candidatos, mas a polarização lá será entre o atual prefeito Lamartine Mendes e a Graça Arruda, que aglomera o espólio de Carlinhos do Moinho, ex-prefeito da cidade.

Pinga-fogo: A reeleição do prefeito Thiago Cavalcanti é dada como certa. Até onde essa falta de oposição é bom pra Limoeiro? Já dizia a sabedoria popular: “Toda unanimidade é burra!”

Elielson Lima 16 jun 2016 - 2:25m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog