Governo – Pandemia não acabou
Brasília Jarbas Vasconcelos: “o destino de Cunha é ir pra Curitiba”

Jarbas Vasconcelos: “o destino de Cunha é ir pra Curitiba”


O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) comentou a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara, anunciada nessa quinta-feira (8). Para o parlamentar pernambucano, a decisão já era esperada por “todas as pessoas de bom senso” e por aqueles que “querem o bem do País”. Além disso, Jarbas afirmou que o destino de Cunha é Curitiba, para ser julgado pelo juiz federal Sergio Moro.

Jarbas Vasconcelos disse também que, desde que a crise se iniciou, vem “combatendo as ações destemperadas e por vezes até paranoicas deste deputado, indiciado por vários crimes e autor de manobras nocivas à democracia para se agarrar ao cargo”.

“A permanência dele na Casa, mesmo afastado, era mais um fator para este mar de incertezas políticas e econômicas que vivemos hoje. Não faz sentido o Parlamento ficar paralisado por causa de uma pessoa. Há projetos a serem apreciados, medidas a serem tomadas”, afirmou.

Segundo o parlamentar pernambucano, o Brasil precisa voltar a caminhar para frente e não pra trás. “A renúncia de Eduardo Cunha à Presidência da Câmara, que deveria ter sido feita há muito tempo, reduz a instabilidade política que o Brasil passa. Agora, é importante ressaltar que esse processo não se encerra com essa renúncia. Os trabalhos na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara precisam seguir e a decisão do Conselho de Ética ser ratificada. A decisão deve ser submetida ao plenário da Casa e Cunha terá seu mandato cassado por quebra de decoro. Depois disso, o destino dele é em Curitiba, com o Juiz Sérgio Moro”, completou.

Elielson Lima 08 jul 2016 - 11:32m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog