PCR – COVID
Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Contas Teresa Duere: “Quando as pessoas veem problemas em sua cidade dizem logo: cadê o Tribunal de Contas? Estamos agindo!”

Teresa Duere: “Quando as pessoas veem problemas em sua cidade dizem logo: cadê o Tribunal de Contas? Estamos agindo!”


A conselheira do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, Teresa Duere recebeu em seu gabinete o radialista Carlos Peruca e o editor deste blog, Elielson Lima para um bate papo muito amplo no início da tarde e hoje (27).

Papel do Tribunal 

Ela destacou o papel do TCE na sociedade e foi enfática: “quando as pessoas veem as irregularidade em sua cidade dizem logo, cadê o Tribunal de Contas? Estamos trabalhando e de olho em tudo, agora temos que ter cautela, um erro o processo volta tudo de novo. Temos que ser certeiros”, afirmou Teresa.

Contas de Eduardo

Duere ainda fez um balanço do seu relatório apresentado hoje para a apreciação do pleno, referente as contas do último ano da gestão de Eduardo Campos e o mandato tampão de João Lyra Neto, “precisamos de um balanço detalhado, foram mais de 300 milhões só para o IMIP”, instituição ligado ao secretário da Casa Civil, Antonio Figueira, à época secretaria estadual da Saúde. O relatório foi aprovado por unanimidade. Ela também questionou os repasses da Secretaria da Eduação para as Gerências Regionais.

Prefeituras e Câmaras

Teresa destacou a lista dos prefeitos e ex-prefeitos com contas rejeitadas no Tribunal encaminhada ao TRE, “a lei exige que o TCE encaminhe ao Tribunal Eleitoral essa lista, agora é função do TRE separar o joio do trigo. Quem vai ser candidato ou não”, pontuou. A conselheira também falou dos julgamentos das Câmaras, “o julgamento da contas de um gestor é feito pelos vereadores. O Tribunal só faz uma recomendação técnica, agora, infelizmente esse voto é apenas político. Eles nem sequer leem o que enviamos quem é da situação voto como o prefeito pede, quem é da oposição vota contra os benefícios do gestor”, falou claramente.

A ex-presidente da Casa falou dos processos que afastaram outros aprenderam prefeitos em Pernambuco, “tem diversos casos que podemos citar, mas quero dizer que terão mais!”, colocando a mosca atrás da orelha de muitos políticos que estão no mandato.

Escute a entrevista na íntegra:

Elielson Lima 27 jul 2016 - 20:28m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog