Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Alepe Roubo a Delegacia em Carpina leva deputados a debaterem Segurança Pública na Alepe

Roubo a Delegacia em Carpina leva deputados a debaterem Segurança Pública na Alepe


Um assalto a Delegacia de Carpina, na Zona da Mata Norte, provocou debate sobre problemas na segurança pública em Pernambuco, durante a Reunião Plenária desta segunda (15). Os deputados Botafogo (PDT) e Antônio Moraes (PSDB) criticaram a gestão municipal pela ocorrência, registrada no último dia 12, enquanto Edilson Silva (PSOL) ressaltou a responsabilidade do Estado com relação ao tema. O vice-líder do Governo, deputadoLucas Ramos (PSB), destacou, por sua vez, as últimas ações do Poder Executivo Estadual para enfrentar o aumento da violência em Pernambuco.
Em discurso no Pequeno Expediente, Botafogo falou sobre as circunstâncias do assalto à delegacia e informou que a Defensoria Pública de Carpina também foi alvo de criminosos na última semana. “Quero registrar minha indignação com o que está acontecendo no município. É uma falta de respeito com a população”, afirmou o parlamentar. Ele citou, ainda, falhas no atendimento de saúde. “Ontem um motoqueiro sofreu um acidente e aguardou por mais de uma hora a ambulância chegar. Como isso não aconteceu, eu e minha filha enfermeira fomos auxiliá-lo. Não podemos admitir uma situação dessa”, lamentou.

08.15-PLENARIA-ANTONIO-MORAES-RS-3-300x200Antônio Moraes reforçou as críticas à Prefeitura de Carpina. Além dos assaltos, o deputado ressaltou que trabalhadores da coleta de lixo vão entrar em greve; servidores municipais estão com salários atrasados; e a prefeitura deve a fornecedores. “A cidade está completamente entregue. No entanto, o município fez este ano o maior São João da região, contratando bandas e artistas caros. O Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado precisam se posicionar”, cobrou o parlamentar.

Edilson Silva fez uma outra interpretação sobre os episódios. “Antes do processo de impeachment, a 08.15-PLENARIA-EDILSON-SILVA-RS-3-300x200culpa pelos problemas no Estado era da presidente Dilma Rousseff. Agora, estão transferindo a responsabilidade para os prefeitos. É preciso dizer que a segurança pública de Pernambuco tem um responsável: o governador”, pontuou. “Paulo Câmara tem que ter a capacidade de resolver essa questão, porque a desordem está operando completamente”, acrescentou. O discurso do psolista recebeu aparte do deputado Joel da Harpa (PTN). “Temos visto ingerência na Secretaria de Defesa Social, e a primeira solução a tomar quando um segmento não está dando certo é mudar o comando”, opinou.

Já no tempo dedicado à Comunicação de Lideranças, Lucas Ramos apresentou dados e ações recentes sobre o setor. Segundo o vice-líder do Governo, 1.100 policiais militares foram contratados em 2015, e outros 1.500 homens serão convocados neste ano. Além disso, o parlamentar destacou a recente entrega de 100 novas viaturas policiais pelo governador. “Paulo Câmara tem trabalhado muito na cobrança das metas do Pacto pela Vida, programa reconhecido internacionalmente como uma das políticas mais exitosas do mundo no combate à violência”, finalizou.
Elielson Lima 16 ago 2016 - 0:29m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog