Governo – Pandemia não acabou
Brasília Ministros-deputados são exonerados, mais uma vez, para votar na PEC 241

Ministros-deputados são exonerados, mais uma vez, para votar na PEC 241


Os ministros pernambucanos Bruno Araújo (Cidades) e Fernando Bezerra Coelho Filho (Minas e Energia) retornam, mais uma vez, à Câmara Federal para assegurar votos ao Governo Michel Temer no segundo turno, hoje, da PEC do teto de gastos. A movimentação repete a estratégia já empregada no primeiro turno. A volta dos dois titulares da Esplanada impede dois deputados federais do PSB de votar: Severino Ninho e Creuza Pereira. Ambos seriam contra a proposta, conforme entendimento de parte da bancada socialista de Pernambuco.

No primeiro turno, quatro nomes do PSB-PE votaram contra: Danilo Cabral, Tadeu Alencar, João Fernando Coutinho e Gonzaga Patriota. Já Marinaldo Rosendo e Fernando Filho foram a favor. Em recente rodada de conversas na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na quinta-feira, Tadeu, que exerce a liderança da bancada socialista, devido à licença médica de Paulo Foletto, deixara claro que não havia chances de o grupo pernambucano mudar de posição.

Ainda que entendessem a importância da medida, continuavam a discordar da dosagem da mesma. A exoneração de Bruno Araújo saiu no Diário Oficial daquele mesmo dia, a última quinta-feira, em edição extra. Já a de Fernando Bezerra Coelho Filho, ficou de ser publicada na edição de hoje.

Elielson Lima 25 out 2016 - 10:53m

Comentários

Compesa

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog