PCR – COVID
Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Brasília Silvio Costa afirma que Temer cometeu crime de responsabilidade

Silvio Costa afirma que Temer cometeu crime de responsabilidade


O deputado federal e vice-líder da oposição na Câmara, Silvio Costa (PTdoB) afirmou que o presidente Michel Temer (PMDB) cometeu crime de responsabilidade. Segundo o parlamentar, o peemedebista teria infringido a Constituição.

“O menos preparado advogado do Brasil sabe que Michel Temer cometeu crime de responsabilidade. Por isso, em função desse erro fatal, o Michel Temer recuou e agora nega a articulação pró-anistia, feita em conjunto com a maioria dos seus líderes, e diz que vai vetar qualquer tentativa de anistiar o Caixa Dois”, disse.

A declaração foi feita após o deputado acompanhar a coletiva de imprensa concedida pelo presidente nesse domingo, na qual o parlamentar frisa que “fez questão” de acompanhar o momento.

“Percebi, claramente, um homem acuado, que tem consciência do erro irreparável que cometeu ao tentar resolver um assunto do interesse particular de um ministro, o agora ex-ministro Geddel Vieira Lima”, cravou.

“Logo após o injusto processo de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, foram veiculadas diversas gravações de líderes relevantes do PMDB e da política brasileira ressaltando que era fundamental derrubar a presidente para estancar a operação Lava-Jato. Agora, a maioria daqueles que votaram a favor do impeachment quer fazer a anistia do Caixa Dois. É evidente que até esse domingo, eles tinham absoluta certeza que Michel Temer iria sancionar essa anistia, pelo menos era o que se ouvia no plenário, na semana passada”, declarou.

Silvio disse ainda que Temer tenta reparar sua “imagem impopular que se agravou com esse episódio”.

“O presidente da República fez uma articulação imobiliária com os seus ministros para tentar atropelar a decisão correta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O mais impressionante é Temer ter recomendado ao ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, que procurasse a Advocacia Geral da União (AGU), porque ela teria uma saída para um assunto de interesse privado. Temer parece que esqueceu a função da AGU. O empreendimento não pertence à União, não existe interesse da União. Não tenho dúvida de que trata-se de um caso de impeachment, segundo a Constituição do Brasil”, finalizou.

Elielson Lima 28 nov 2016 - 10:16m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog