PCR – COVID
Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Carpina

Sebrae realiza Formação de Liderença nesta terça em Carpina


A unidade Mata Norte do Sebrae no Estado lança o Programa Líder – Formação de Liderança para o Desenvolvimento Regional, na próxima terça-feira (14), com o objetivo de reunir os municípios da região em torno de um projeto estratégico e integrado de desenvolvimento econômico, a partir dos pequenos negócios. O evento é direcionado para gestores públicos, empresários e representantes do terceiro setor e acontece às 9h, no Uno Hotel, Bairro de São José, Carpina. São esperados na ocasião o presidente do conselho deliberativo (CDE) do Sebrae, Josias Albuquerque, e o vice-governador de Pernambuco e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry (PMDB).

A metodologia, que foi implantada inicialmente no Sul do País, tem o intuito de fortalecer parcerias na área pública e privada. Em outubro de 2016, a cidade de Goiana, na Mata Norte, recebeu o seminário Desenvolvimento Territorial e Cooperação, que forneceu as bases para a formatação do Líder na região. Podem participar do lançamento as lideranças dos municípios atendidos pela unidade.

Para o gerente da Unidade Mata Norte do Sebrae/PE, Leonardo Carolino, os investimentos estão muito pulverizados nos municípios e não são capazes de produzir desenvolvimento da forma como estão postos. “É preciso ter essa visão integrada e estratégica para sanar os problemas da região. Nós sabemos que investir na competitividade dos pequenos negócios nessa região vai ser melhor para todo mundo. Agora é preciso cooperação entre as cidades para isso acontecer”, explica.

A partir desse lançamento até maio, a unidade trabalha na sensibilização e formação de um grupo de trabalho. A expectativa é reunir, no mínimo, 45 lideranças de toda região para dar início aos encontros do programa. Em oito reuniões mensais, os participantes definirão uma agenda que relacione as principais dificuldades da Mata Norte e ofereça soluções integradas. Dessa maneira, entidades de incentivo, instituições financeiras e o próprio Governo do Estado poderão atuar com maior efetividade.

“A proposição de metas de desenvolvimento nos ajudará a evoluir realisticamente, baseados em números. Depois do projeto pronto, teremos mais cinco encontros de monitoramento para garantir a eficácia da nossa estratégia”, conta o gerente.

Elielson Lima 10 mar 2017 - 17:52m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog