Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Coluna Coluna do Blog desta quarta-feira

Coluna do Blog desta quarta-feira


 

Fora da lista de Fachin, Mendonça sai na frente na corrida pelo Governo de Pernambuco 

Chegamos ao ponto na política, que a ausência em lista de investigação é ponto forte para uma disputa eleitoral. A situação do deputado federal Mendonça Filho (DEM) é muito confortável, em nenhum momento se apresentou como candidato majoritário, mesmo assim ficou em segundo lugar na última pesquisa Maurício de Nassa, figurando com 12 pontos percentuais.

Ele é o único dos pernambucanos-ministros, que conseguiu utiliza-se do status do Governo Federal para pulverizar seu nome junto a população. A famosa reforma da Educação foi o grande palco. Com recall de ex-governador, Mendonça aponta forte, até porque o senador Armando Monteiro – também fora da lista de Fachin – não conseguiu segurar os números obtidos na eleição de 2014, acendendo o alerta para uma nova disputa.

Concluo, se Mendonça continuar nesse crescente chegará forte no próximo ano e podendo entrar na disputa com grandes chances! Lembrando que até agora, o governador Paulo Câmara também não foi mencionado em nenhum processo, na verdade em lista de ninguém.

Só para você entender tudo isso: o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou, ontem, a Procuradoria Geral da República (PGR) a investigar nove ministros, 29 senadores e 42 deputados federais que fazem parte da chamada “lista do Janot”, sete pernambucanos foram citados: os ministros Bruno Araújo (PSDB) e Roberto Freire (Cultura), os senadores Fernando Bezerra Coelho (PSB) e Humberto Costa (PT), os deputados federais Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Betinho Gomes (PSDB), além do ex-prefeito do Cabo, Vado da Farmácia (sem partido)..

Prefeito destaque – O prefeito de Vicência, Guiga (PSDB), foi o mais votado na enquete que fizemos aqui no blog. No universo de mais de 3 mil participantes, ele obteve mais de 40% do prefeito que se destacou nesses 100 dias de governo. Novato na política, servidor público de carreira, o tucano vem se sobressaindo com gestor.

 

Rápidas

 

Sem peixe – Depois de muitos anos de tradição, os carpinenses não terão os peixes da Semana Santa. Segundo a nota enviada à imprensa, a prioridade é manter os serviços da assistência funcionando.

Até Jarbas! – Nem o famoso Jarbas Vasconcelos (PMDB), escapou da famosa lista do ministro Fachin. Sobre Jarbas, Fachin pediu que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se pronuncie sobre a eventual extinção do delito, já que Vasconcelos tem 74 anos e a partir dos 70 a prescrição de um ilícito é contada pela metade do tempo. Acusado de caixa 2, a pena é de cinco anos, com prescrição em 12 anos.

Cobrança – Na sessão de onte, a vereadora Manu Lapa (PTB), cobrou do prefeito o pagamento dos professores do mês de dezembro, além do terço de férias. Segundo a parlamentar, só ontem entraram nos cofres da Prefeitura quase R$2 milhões.

“Dia D” – Daqui a pouco, começará a tão aguardada audiência que discutirá o possível abuso do poder econômico da chapa Botafogo-Marcelo Pascoal. Nossa coluna de ontem – bastante comentada – tratou esse assunto como o segundo turno de Carpina. Veremos!

Pinga-fogo: Em abril, Fernando Monteiro deixará a Câmara dos Deputados, pois ele é suplente, ele terá fôlego para continuar em Carpina?

Elielson Lima 12 abr 2017 - 7:14m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog