Gov – 130 mil empregos
PCR – Recife Virado
Partidarizando Tucanos rachados em PE: uns querem Bruno Araújo na presidência, outros Daniel Coelho

Tucanos rachados em PE: uns querem Bruno Araújo na presidência, outros Daniel Coelho

Publicado em: 04/10/2017 - 20:59m

Desde da morte do ex-deputado Sérgio Guerra, o PSDB tanto em nível nacional quanto estadual não conseguiu acertar o passo para uma unidade partidária. Hoje (04), os tucanos protagonizaram mais um racha através da imprensa.

Enquanto o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes soltava uma nota defendendo o nome de Daniel Coelho para comandar a legenda no Estado, outro grupo e bem maior liderado pelo presidente atual Antônio Moraes sinalizou para o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

No documento, Elias relembrou o acordo pelo qual ele compartilharia o comando do partido no Estado com o deputado estadual Antônio Moraes. O que, prossegue, não foi cumprido.“Tentando superar este clima, tentamos por diversas vezes o cumprimento do entendimento, honrando-se a palavra dada e reiterada a nós por diversas vezes”, diz trecho da carta. No final, ele elogia Daniel, “uma jovem liderança urbana e atuante parlamentar, sendo umas das proeminentes lideranças da nova geração de políticos pernambucanos”.

Horas depois, uma ala dos tucanos lançaram uma carta aberta defendendo o nome de Bruno, “Entendemos que o ministro reúne as condições para dar continuidade ao trabalho do deputado Antônio Moraes, no sentido de fortalecer o partido com a consolidação de seus diretórios municipais, e no processo de aglutinação e ampliação de alianças visando a eleição dos candidatos do PSDB na eleição do próximo ano”. Assinaram a carta o do presidente estadual da sigla, Antônio Moraes, pelo ex-governadores Joaquim Francisco – presidente do Instituto Teotonio Vilela (ITV-PE) -, e João Lyra Neto, além de prefeitos de municípios de Pernambuco.

 

Elielson Lima 04 out 2017 - 20:59m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog