Prefeitura de Jaboatão
Gov – 130 mil empregos
PCR – Recife Virado
Coluna Coluna da segunda: O favoritismo ainda ronda Paulo Câmara

Coluna da segunda: O favoritismo ainda ronda Paulo Câmara

Publicado em: 26/03/2018 - 1:54m

O favoritismo ainda ronda Paulo Câmara

Eduardo Campos foi buscar nos seus quadros mais técnicos para fazer o governador no ano de 2014, nem ele mesmo viu a vitória folgada que Paulo Câmara emplacou naquele ano.

Com a queda do avião que vitimou o ex-govenador, Paulo assumiu um dos maiores desafios de sua vida pública – tocar o Governo sem ouvir seu criador -, com um agravante, governar em tempos de crise econômica e política.

Dois gargalos eleitorais alfinetam a cadeira do governador desde os primeiros dias de governo, a primeira são os índices de violência que só fizeram aumentar nos últimos anos – só este ano passou de 800 assassinatos. Segundo, as promessas de campanha exorbitantes, como duplicar o salário dos professores. Prometeu demais e agora paga a conta!

Mesmo assim, Paulo leva jeito quando o assunto é economizar e fazer gordura de recursos para deixar a máquina em dia. Com salários em dia, fazendo investimentos e números do PIB e Educação em alta, só basta ver o novo VT do Governo, Câmara tem o que mostrar e dizer.

Ele ainda tem a sorte de ser filiado ao PSB, partido que muitos contestam, mas aprendeu fazer campanha. Quando assunto é eleição os socialista dão um show, de 2006 até hoje não perderam uma tanto no Governo quanto na Prefeitura do Recife. O governador ainda comemora que sua Oposição virou uma ‘salada de fruta’ e não se entende. Ele poderá de valer do discurso, “não troque o certo pelo duvidoso”.

Por fim, mesmo com todas os problemas e fissuras em sua imagem, o favoritismo ainda ronda Paulo Câmara, não quero dizer que ele já ganhou, apenas que leva uma certa vantagem diante dos opositores, sem esquecer que sua caneta pesa e tem tinta para gastar.

Com moral – Depois de 20 anos no PSB, o deputado federal João Fernando Coutinho deixou de ser mais um no ninho socialista para mandar no PROS em Pernambuco. O evento que o conduziu ao comando da sigla foi bastante prestigiado, o governador Paulo Câmara, prefeito do Recife Geraldo Júlio, deputados, pré-candidatos e prefeitos.

PSC poderá ter baixas – Às vésperas de encerrar o prazo da filiação partidária, alguns nomes que estavam certos de marchar com os Ferreiras deverão pular fora com a chegada do presidente da Alepe, Guilherme Uchoa. Eles reclamam que já diminui mais uma vaga, ou seja, Uchoa e Manoel Ferreira já estariam com a cadeira garantida e os demais tentariam correr pra viabiliza-se em terceiro.

Rápidas

Homenagem (parte 1) – A prefeita  prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, saciou  uma lei que batiza uma Avenida importante da cidade com o nome do  Coronel Tarciso Calado. O coronel morreu ano passado  e tem uma história de brilhantismo no comandou da Polícia Militar de Pernambuco, entre suas criações o Patrulha nos bairros virou referência na Segurança Pública.

Homenagem (parte 2) – O senador Armando Monteiro receberá hoje o título de Cidadão de Camaragibe. O evento acontecerá na Câmara de Vereadores, às 15h, no Plenário José Lapenda.

Lapas juntos? – Por falar em Armando, ele se encontrou sábado com a ex-deputada estadual e pré-candidata Ana Carla Lapa e seu pai Carlos Lapa para discutir a Mata Norte. Com diversas divergências, os irmãos Lapa (Joaquim e Carlos), pelo menos convergem para o mesmo candidato a governador. Isso porque ambos sinalizaram em apoiar Armando.

Mata Norte – Neste final de semana, o chefe de gabinete do governador e pré-candidato à federal, João Campos cumpriu uma agenda intensa na Mata Norte. Esteve em Aliança, Condado e Buenos Aires conversou com lideranças locais e visitou as feiras livres, seguindo os passos do seu bisavô Arraes e Eduardo Campos.

Pinga-fogo: Será que o MDB Nacional conseguirá reverter o processo no pleno do Supremo?

 

Elielson Lima 26 mar 2018 - 1:54m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog