Governo de Pernambuco – Use máscara 1
PCR – COVID
Coluna Coluna da quarta: O segundo grande desafio eleitoral de Marcelo Gouveia

Coluna da quarta: O segundo grande desafio eleitoral de Marcelo Gouveia


O segundo grande desafio eleitoral de Marcelo Gouveia

Depois de uma vitória histórica na eleição de 2016, com exatos 19.760 dos votos computados, significando 61.42% do eleitorado votante. Marcelo Gouveia que governa a cidade de Paudalho pela primeira vez, tem pela frente mais um grande desafio eleitoral: eleger seu irmão e dá uma larga vantagem para seus candidatos em sua cidade.

Marcelo não só coordena a campanha do seu irmão e candidato a deputado estadual Gustavo Gouveia (DEM), como teve o papel primordial para que esse projeto saísse do papel. Visto por muitos como líder nato, o prefeito também exercerá influência direta na expansão do nome de Armando Monteiro e dos candidatos ao Senado, Bruno e Mendonça na região.

Filho do tradicional político da região, Eufrásio Filho, o gestor de Paudalho conseguiu criar  ‘luz própria’ e terá pela frente esse desafio de transformar as ações de sua gestão em votos para o irmão e para seus candidatos. Além disso, Marcelo terá que o desafio de mesclar bem a correria de gerir uma cidade com as agendas de campanhas, mesmo não sendo candidato, ele vem num frenético ritmo de reuniões políticas.

Por fim, o sucesso eleitoral da eleição deste ano estará atrelado diretamente ao que vem em 2020, até porque os atores políticos sempre vivem uma eleição de olho na próxima. Numa eventual vitória de Gustavo para estadual, Marcelo ganhará ainda mais fôlego para renovar o mandato e se cacifar como uma liderança regional. Caso o resultado seja negativo, a conta da derrota baterá a porta do gestor.

De olho na pesquisa – O mundo político está de olho nos números da próxima pesquisa que será divulgada hoje pela IPESPE. Com mais que o dobro do tempo de TV de Armando, o medo de muitos oposicionistas é que Paulo apareça na frente na primeira sondagem e embale uma eventual vitória já na largada.

Lulismo – Com o objetivo de colar ainda mais sua imagem ao do ex-presidente Lula, o governador Paulo Câmara participará do ato de registro da candidatura do petista em Brasilia, sendo seu único compromisso de campanha, às 16h.

Rápidas

Nova presidente – Indicada pela ex-presidente Dilma para a Suprema Corte, a ministra Rosa Weber assumiu ontem o comando do Tribunal Superior Eleitoral e presidirá as eleições gerais de outubro. Indicada por uma petista, o próprio PT não colherá flores disso, sobretudo depois de registrar a candidatura de Lula.

Estratégia – O candidato Diogo Prado já definiu as primeiras agendas de sua campanha. Ele vai inaugurar ‘QGs’ nas principais cidades onde tem base. Goiana, Lagoa do Carro, Vertentes, Limoeiro e Carpina terão comitês de Prado.

Estreia – A TV Nova Nordeste estreou ontem o Roda Viva Pernambuco comandado pelo competente jornalista Aldo Vilela. O prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), foi o entrevistado do programa e aproveitou o espaço para elevar o nome do governador e candidato a reeleição Paulo Câmara.

Turma de Temer – A estratégia dos socialistas é carimbar de vez o palanque de Armando como “o palanque de Temer”, o prefeito Geraldo Júlio repetiu essa frase como mantra no Roda Viva Pernambuco, ontem. Além de lembrar o voto de Armando na Reforma Trabalhista.

Pinga-fogo: Humberto Costa conseguirá emplacar a reeleição?

Elielson Lima 15 ago 2018 - 0:00m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog