PCR – COVID
Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Coluna Coluna da quinta: A abstenção e o voto nulo nesta eleição

Coluna da quinta: A abstenção e o voto nulo nesta eleição


A abstenção e o voto nulo nesta eleição

Diante de muitas pesquisas eleitorais e outros tantos que fazem projeções para as eleições deste ano um fator nunca é colocado como atenuante: o número de eleitores que se abstém de votar e os votos nulos.

Com a profunda crise política e a enxurrada de Operações como Lava Jato que envolveu principais quadros de Brasília o eleitor brasileiro poderá fazer uma eleição de protesto neste pleito. Quero deixar claro aqui que não sou a favor disso e nem tampouco acho democrático.

Tivemos duas eleições recentes que exemplifica bem essa assunto, em junho deste ano aconteceu a Eleição suplementar no Estado do Tocantins, na apuração 23,46% votaram nulo e 2,59% em branco totalizando 26,05% de votantes que decidiram em não decidir. Isso é tão gritante que o segundo colocado nesse pleito, o Vicetinho Alves obteve 24,86% dos votos válidos. Ou seja, os votos brancos e nulos foram maior que o segundo colocado. Ano passado, na eleição sumplentar no Amazonas o número foi de 23,79% de brancos e nulos.

Em Pernambuco, tradicionalmente isso não passa da casa dos 20%, exemplo de 2014, mas o contexto esse ano poderá atingir também na eleição proporcional. Em Carpina por exemplo, segundo pesquisas 40% do eleitorado não tem ainda um candidato a deputado definido e nem sabe se vai votar para esse cargo.

Por fim, nessa reta final de campanha, os candidatos terão que além de driblar seus adversários precisarão convencer o eleitor indeciso e o ‘revoltado’ com o segmento. Uma trabalho duplo que não tinha em outras épocas.

Paudalho – Romário Dias e Renildo Calheiros estão fazendo dobradinha na cidade de Paudalho. Fontes palacianas revelaram durante o evento de ontem que Romário poderá surpreender na cidade e ter mais votos do que imaginam. Ele tem apoio da filha do ex-prefeito Pereira e ex-vereadores.

De olho no mandato – O PCdoB está travando uma batalha judicial de olho em reaver o mandato de vereador de Diogo Prado, que trocou a sigla pelo PSC para disputar a eleição, para voltar para um membro do partido comunista que nesse caso será Marcinho do Pastel. Essa novela ainda terá novos capítulos!

Força – O evento da Frente Popular em Paudalho, ontem, reuniu um bom público que lotou a rua onde estava montado o palanque principal. No seu discurso, o ex-prefeito Pereira enumerou as obras do Estado na cidade e fez críticas aos adversários. Ele também pediu voto para seus candidatos Milton Coelho e Diogo Prado.

Rápidas

Dobradinha – Os deputados Kaio Maniçoba e Alberto Feitosa estão fazendo dobradinha em várias cidades. Essa dupla promete surpreender todos os prognósticos e serem reeleitos com mais facilidade do que imaginam.

Fora do quadrado – O evento promovido pelo ex-candiato Junior Botafogo reuniu um bom público em casa de festa em Carpina. Na terra onde o tio é prefeito, Junior apoiará Juliana Chaparral e Renildo Calheiros.

Repercussão – A coluna de ontem repercutiu muito nos corredores do poder. Muitos falam da animação de Botafogo de pedir votos para Vinicius Labanca, “parece até que a eleição é dele”! Enquanto isso, os embates entre os grupos não param!

Pinga-fogo: Em Macaparana, quem será o mais votodo Antônio Moraes ou Aglailson Victor?

Elielson Lima 27 set 2018 - 0:57m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog