PCR – COVID
Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Campanha Rands fala das suas propostas para os empresários da construção

Rands fala das suas propostas para os empresários da construção


Plano estratégico de desenvolvimento, propostas inovadoras para geração de empregos com aumento da infraestrutura viária e uma forma para o pagamento dos fornecedores do Estado foram algumas das ideias que o candidato a governador pela coligação O Pernambuco que você quer (PROS, PDT, Avante), Maurício Rands, apresentou para os empresários que compareceram ao Sindicato da Construção de Pernambuco (Sinduscon). O evento teve a participação, também, da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) e Sindicato da Habitação (Secovi).

Maurício Rands mostrou aos empresários como é possível fazer Pernambuco sair da estagnação em que se encontra a partir de propostas inovadoras, que têm como base a boa política, na qual o governador retoma assume o protagonismo que o Estado sempre possuiu. “Eu tenho trânsito em Brasília, tenho relações nas instituições internacionais, já trabalhei como empresário e como parlamentar: é esse capital político que ofereço para o meu Estado, se tiver a honra de ser eleito”, argumentou. Uma das propostas de Maurício Rands que mais agradou o público foi o plano para o pagamento dos fornecedores do Estado. Uma dívida superior a R$ 2 bilhões. “Estes recursos estão fazendo falta à economia de Pernambuco, como um todo, pois fornecedor que não recebe tem dificuldade em pagar suas obrigações”.

Rands propõe pagar os fornecedores com criptomoedas, já regulamentadas pelo Banco Central. As moedas poderam pagar parte dos impostos, que a empresa deve ao Estado e, também, poderam ser negociadas com outras empresas que, por sua vez, vão poder pagar parte dos tributos estaduais. “Com essa medida, injetamos dinheiro na economia e resolvemos um enorme passivo oficial”. Com relação à geração de empregos, Maurício Rands propôs uma solução que, além de criar novos postos de trabalho, aumenta a malha viária e oferece novos contratos para a indústria da construção. Rands defende um modelo de edital no qual as empresas que ganhassem a licitação para construção ou ampliação de determinado trecho de estrada, também seriam responsáveis pela manutenção por um período de 20 anos.

“É uma proposta de ganha-ganha”, comparou: as empreiteiras que ganham a licitação poderão conseguir financiamento através dos títulos que possuem, de que vão receber pela manutenção por 20 anos. O cidadão ganha nova malha viária. O Estado ganha rodovias de qualidade, porque as empreiteiras não farão com material de qualidade inferior, uma vez que vão ter de assumir a manutenção. “E o melhor de tudo é a geração de empregos por todas as doze regiões do Estado”. Maurício Rands se comprometeu com a adoção de um plano estratégico para o desenvolvimento de Pernambuco.

Ele disse que a ideia é adotar um plano de Estado e não um plano de governo – como princípio para o projeto estratégico não sofrer com as mudanças naturais que ocorrem com a rotatividade do poder. “Precisamos tocar corações e mentes, para retomarmos o caminho do desenvolvimento – necessário a todos os pernambucanos”, disse. Universitária FM Antes de se apresentar aos empresários, Maurício Rands foi o primeiro dos candidatos ao governo de Pernambuco a ser entrevistado pelo Programa Fora da Curva, das rádios Universitária AM e FM. Rands foi sabatinado pelos jornalistas Carmem Silva, da ONG SOS Corpo, Laércio Portela, da Marco Zero Conteúdo, e pelo radialista Wagner Souto, da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço).

A professora Paula Reis foi a âncora do programa. Por uma hora, Maurício Rands apresentou suas propostas para a saúde, segurança, educação e abastecimento de água. Abordou temas como o combate ao feminicídio, ideias para a TV Pernambuco, criação de novas redes de distribuição de água e sua visão sem restrição prévia dos novos modelos de gestão, como as PPP (parcerias público privada), apropriadas para a construção de novos presídios, ou as OS (organizações sociais), que têm sido utilizadas para a administração de unidades de saúde.

Elielson Lima 10 set 2018 - 18:59m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog