Remax
Escola Internacional
Recife Davi Muniz diz que relação com o PSB “não pode ser abalada” e expõe divergência com pastor Eurico

Davi Muniz diz que relação com o PSB “não pode ser abalada” e expõe divergência com pastor Eurico


Contrariando o que foi publicado em blog sobre o possível rompimento do Patriota com o PSB, o vereador do Recife e suplente de Deputado Federal Davi Muniz, o Vereador Benjamim da Saúde, presidente municipal do Patriota e um grupo forte de filiados do partido, diz não compactuarem com as declarações feitas pelo Deputado Federal Euríco.

O Deputado Eurico, segundo uma “fonte”, afirmou que estava insatisfeito com o tratamento oferecido pelo PSB ao Patriota, alegando não haver recebido nenhum convite para fazer parte do primeiro escalão do governo estadual, nem municipal, ameaçando se unir a outros partidos aliados a Bolsonaro para concorrer a prefeitura do Recife em 2020.

Na matéria, o deputado Eurico diz estarem de fora dessa nova e possível aliança, o Vereador Benjamim da Saúde, que hoje preside o Patriota no munícipio e o Suplente de Deputado Federal, o Vereador Davi Muniz

Davi Muniz disse que o relacionamento com o PSB não pode ser abalado por causa da opinião de um único membro, mesmo que esse seja o presidente estadual do partido, sem esquecer que esse mesmo membro está em total decadência, já que perdeu mais da metade dos seus eleitores nas ultimas eleições.

O grupo declarou apoio ao suplente de Deputado Federal, Davi Muniz, e nas eleições municipais de 2020 devem seguir o mesmo caminho.

“Infelizmente as decisões não estão sendo tomadas em conjunto, além disso o Pastor não tem feito contato conosco desde a eleição, sequer uma reunião foi convocada pelo mesmo para conversar com os suplentes e demais filiados.” Disse Davi Muniz em relação ao que foi declarado pelo presidente estadual do partido, Deputado Eurico.

Elielson Lima 05 jan 2019 - 12:32m

Comentários

Pesquisar

Curta no Facebook

Publicidade

 

Arquivos do Blog