Remax
Escola Internacional
Na defesa Mendonça defende que a  concessão do Aeroporto dos Guararapes e diz que Recife será HUB concentrando as operações no Nordeste

Mendonça defende que a concessão do Aeroporto dos Guararapes e diz que Recife será HUB concentrando as operações no Nordeste


O ex-deputado e ex-ministro Mendonça Filho considera a concessão do Aeroporto Internacional dos Guararapes do Recife em bloco com outros cinco aeroportos do Nordeste a melhor solução para alavancar o desenvolvimento econômico com oferta de infraestrutura adequada para a cidade e a Região. “Os aeroportos do bloco, no seu conjunto, não representam sequer o tamanho do Aeroporto dos Guararapes. Recife será HUB, o concentrador dessa operação onde se projeta um investimento acima de R$ 865 milhões ao longo de 30 anos”, afirmou. Segundo Mendonça, ser contra é um equívoco. “É uma contradição se gabar de Recife ser a Capital do Nordeste e na hora do nosso aeroporto se tornar um HUB haver um movimento se opondo”, ironizou Mendonça.

Na próxima sexta-feira (15/03) o Aeroporto do Recife será leiloado em bloco com os aeroportos de Aracajú, Juazeiro do Norte, Campina Grande, João Pessoa e Maceió, que serão feeders, uma espécie de alimentadores. Mendonça Filho avalia que a questão do volume de investimentos é determinada pela necessidade. Segundo ele, a discussão dos investimentos em infraestrutura de aeroportos não pode se limitar a simples análise de números e comparativos entre unidades de desempenho e histórico distintos, como os terminais de Recife e Salvador. “O fundamental é a operação em si. A capacidade de alavancar investimentos, trazer novos empregos e gerar renda para o Recife”, defende.

O modelo de concessão em bloco é inovador e busca garantir modicidade tarifária, prestação de serviços e infraestrutura adequada aos usuários. Para Mendonça a concessão em bloco é a melhor solução para alavancar o desenvolvimento econômico através de oferta de infraestrutura adequada para a cidade e Região.

O terminal do Aeroporto do Recife foi implantado durante a gestão Jarbas/Mendonça, é jovem, foi modernizado e será beneficiado com melhorias como a ampliação do terminal de passageiros, incremento na área de estacionamento e aumento do sistema de pátios de aeronaves. Mendonça destaca que esses investimentos no Aeroporto do Recife podem gerar novas atividades econômicas no setor de turismo com geração de empregos nas regiões do entorno como Ipsep, Imbiribeira, Jordão e URs.

Elielson Lima 13 mar 2019 - 23:20m

Comentários

Pesquisar

Curta no Facebook

Publicidade

 

 

Arquivos do Blog