PCR – Cred Pop
GOVERNO DE PE – USO DE MÁSCARA (REFORÇO 2021) – COVID 19
Jaboatão – Aniversário
Gestão Miguel entrega títulos de posse para mil famílias de Petrolina

Miguel entrega títulos de posse para mil famílias de Petrolina


Uma noite sonhada durante décadas pelos moradores do bairro Cosme e Damião tornou-se realidade nesta quinta-feira (30). Representantes de cerca de mil famílias reuniram-se na quadra da comunidade para receber do prefeito Miguel Coelho o documento que atesta a posse de suas moradias. A ação é uma das diversas entregas do Petrolina Legal, maior programa de regularização fundiária da história do município sertanejo.

O título de posse, que teve a maior parte dos custos de cartório e burocracia pagos pela Prefeitura, representa mais do que a certeza do imóvel no nome dessas famílias. Com o documento na mão, os moradores agora estão livres para fazer o que quiserem com suas habitações, desde comercialização, aluguel, até transferência para seus filhos por herança de forma legal, tendo, dessa maneira, uma valorização imediata para as casas e segurança jurídica.

Esses direitos aguardados por quem morava há muitos anos na localidade, mas não tinha um papel que comprovasse, foram motivo de orgulho e alívio. Francisco de Souza, por exemplo, está no Cosme e Damião há três décadas, desde que recebeu a doação de um terreno e construiu a casa. Depois desse tempo todo, o motorista aposentado resumiu o que simboliza um título de posse para quem aguardou longos anos. “A gente só é dono mesmo se tiver a escritura, porque sem o papel a gente não pode fazer nada com a casa. Finalmente eu consegui o documento, graças ao prefeito Miguel Coelho. É uma segurança que estou deixando para os meus filhos”, disse.

Além das famílias do Cosme e Damião, foram contemplados no evento desta quinta moradores do Terras do Sul, Henrique Leite, Fernando Idalino, João de Deus, Pedra Linda, Pedro Raimundo e Alto do Cocar. Diante desse público, o prefeito Miguel Coelho lembrou que a regularização fundiária é um compromisso e sinal de respeito da gestão com a população petrolinense. “Antes esse sonho travava porque essas famílias não tinham como tirar do orçamento do mês para pagar cartório e outras despesas. Além disso, todo mundo lembra que teve gente que na época da eleição chegava com um papel em branco prometendo regularização fundiária e não fazia nada. Mas, hoje, o papel que nós entregamos não está em branco, tem o nome dos verdadeiros donos porque esse é um direito de todos e compromisso nosso com a população”, resumiu Miguel.

Até o momento, a Prefeitura de Petrolina regularizou a moradia de 3 mil famílias da cidade. A meta é entregar até o final de 2020 mais de 10 mil títulos de posse em diversas comunidades da área urbana e zona rural petrolinense.

Fotos: Jonas Santos

Elielson Lima 31 maio 2019 - 9:16m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Publicidade – Olinda

Publicidade – Alepe

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog