PCR – Recife Virado
Jaboatão – Anti-rábica
Governo – Emprego
Gestão Prefeitura de São Lourenço  lança programa para promover participação social com gastos públicos

Prefeitura de São Lourenço lança programa para promover participação social com gastos públicos

Publicado em: 02/07/2019 - 11:37m

A Prefeitura de São Lourenço da Mata (RMR) lançou o programa “Control Ação”, que visa unir serviços públicos e os direitos e deveres dos cidadãos. A iniciativa, estimulada pela Controladoria Geral do Município (CGM), conta com o apoio do Ministério Público do Estado (MPPE), Controladoria Geral da União (CGU), Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ-PE) e Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE).

Para o prefeito Bruno Pereira, o “Control Ação” é uma maneira de incentivar o protagonismo do cidadão com a gestão pública e a transparência dos órgãos. “Estamos conseguindo despertar nos moradores o interesse pelo acompanhamento da máquina e o do erário público. E isso é muito importante para o funcionamento das democracias. Isso será possível por meio de um pacote de iniciativas do ‘Control Ação’, que funciona como um programa ‘guarda-chuva’, já que, por meio dele, realizamos diversas ações, promovendo cidadania, com conhecimentos nas áreas de políticas sociais, educação fiscal, ética, controle social, transparência e fortalecimento da Ouvidoria”, explicou o chefe do Executivo.

Já o controlador geral do município, Felipe Silva, destacou a interação entre as Secretarias de Comunicação Social, Trabalho e Qualificação Profissional, Assistência Social e Finanças no compromisso da gestão com a transparência do Executivo com a sociedade. “O trabalho é realizado em conjunto com as demais pastas, que ajudam na elaboração do planejamento das atividades, acompanhando as ações e os indicadores de desempenho. Sempre focando no ato do cidadão e sua apropriação com suas responsabilidades”, frisou o gestor.

A moradora Maria de Fátima aprovou o programa e gostou da iniciativa. “A gestão está de parabéns! Nós, moradores, estamos recebendo vários serviços sociais e formação em minicursos. Neles, aprendemos nossos direitos como cidadãos e nossos deveres. E sabemos a quem cobrar e onde denunciar, caso encontremos alguma irregularidade na gestão pública”, disse.

“Além disso, estamos conhecendo melhor a administração pública, com a participação dos moradores; isso mostra mais transparência do Executivo. Um exemplo é o ‘Minuto Cidadão’, um miniprograma para que os moradores possam perguntar suas dúvidas sobre controle fiscal, arrecadação de impostos, gastos dos recursos públicos e a importância dos pagamentos dos tributos ao controlador da cidade, para que ele possa responder”, concluiu a Fátima.

Elielson Lima 02 jul 2019 - 11:37m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog