Governo PE – Prevenção
Governo PE – Trabalho
Governo PE – Trabalho
Governo PE – Trabalho
Brasília Ossesio Silva debate desafios da juventude em sessão solene na Câmara

Ossesio Silva debate desafios da juventude em sessão solene na Câmara


Desigualdade social, integração às novas tecnologias, violência e oportunidades de trabalho foram temas abordados durante Sessão Solene requerida pelos deputados Ossesio Silva (PRB-PE) e Julio Cesar Ribeiro (PRB-DF) em comemoração ao Dia Internacional da Juventude, na Câmara dos Deputados. O evento teve a participação do vice-presidente da Casa, deputado Marcos Pereira (PRB-SP), do secretário da Juventude do PRB, Renato Junqueira, do deputado Manoel Marcos (PRB-AC), da secretária Nacional da Juventude do governo, Jayana Nicaretta, e de representantes da juventude.

O deputado Ossesio Silva convidou os presentes à reflexão apresentando índices do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Hoje, 47.3 milhões de jovens não estudam nem trabalham. A desigualdade social e a falta de oportunidades incentivam nossos jovens a desistir. A situação é mais marcante quando aplicada às raças”. Segundo Ossesio, enquanto 16% dos brancos nesta faixa etária trabalham e estudam, somente 11% de cor parda se aplicam à regra. “É importe falar da juventude negra. O desafio de combater a desigualdade social é nosso, de cada um de nós, parlamentares, e de cada um de nós, jovens”.

Julio Cesar Ribeiro enfatizou a relevância dos brasileiros com idade entre 15 a 24 na consolidação de melhorias sociais: “A participação da juventude é de suma importância para o cumprimento da democracia e para a construção de uma sociedade livre e justa. Os jovens são os principais parceiros na busca por soluções das questões vivenciadas atualmente no Brasil e no mundo”, disse.

O presidente do PRB, deputado Marcos Pereira, chamou atenção para o mercado de trabalho e para a integração da juventude às tecnologias. “Em tempos de indústria 4.0, de indústria robótica, do big data e de inteligência artificial, temos que preparar os nossos jovens para que sejam o futuro desta nação. Um estudo do Fórum Econômico Mundial aponta que daqui a 20 anos, 60% das profissões atuais não existirão mais por causa da Revolução Tecnológica. Portanto, se eu posso dar um conselho para vocês é para que se preparem para essa nova Era”, disse.

O deputado Manoel Marcos falou sobre violência. “O Acre passa por um período muito difícil, jovens estão perdendo suas vidas para o crime”. Ele explicou que o estado é a principal fronteira com a Bolívia e com o Peru, por isso, facções criminosas disputam pelo território. Em 2016, houve um aumento de 7,4% no número de mortes violentas de jovens em relação a 2015. Já no período de dez anos, entre 2006 e 2016, o crescimento registrado foi de 23,3% – dados do Atlas da Violência.

Ainda, sobre a morte prematura de jovens, a secretária Nacional da Juventude do governo, Jayana Nicaretta, falou sobre a Lei 13.819, de 2019, que institui a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio. Segundo Jayana, o acesso aos dados facilitará na criação e promoção de políticas públicas.

O deputado Julio Cesar Ribeiro encerrou a sessão parafraseando o ex-presidente americano Frankling Roosevelt: “Nem sempre podemos construir o futuro para a nossa juventude, mas podemos construir nossa juventude para o nosso futuro”.

Elielson Lima 13 ago 2019 - 18:01m

Comentários

Pesquisar

Curta no Facebook

Publicidade

 

Arquivos do Blog