Gov – Plano de retomada
Novo Jaboatão
Pcr – novo modelo
Copergás
Mata Norte Paulo Câmara participa de missa em celebração ao início de moagem da antiga usina Cruangi

Paulo Câmara participa de missa em celebração ao início de moagem da antiga usina Cruangi

Publicado em: 28/08/2019 - 17:35m

O governador Paulo Câmara participou, nesta quarta-feira (28/08), de missa campal em celebração ao início da moagem de cana-de-açúcar na antiga Usina Cruangi, no município de Timbaúba. Atualmente, a unidade é administrada pela Cooperativa do Agronegócio dos Fornecedores de Cana-de-Açúcar (Coaf). A previsão da entidade para a safra 2019/2020 é esmagar 780 mil toneladas de cana. O governador esteve acompanhado do secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto.

“É o quinto ano que eu venho, faço questão. A Coaf tem feito um trabalho muito importante aqui. Diante de um cenário muito adverso por que passa o Brasil, a gente vê na Mata Norte condições de as usinas funcionarem e de as cooperativas gerarem emprego e renda”, afirmou Paulo Câmara, que acredita em uma safra muito positiva. “Uma safra que, com certeza, vai ser muito importante para Timbaúba e para a economia pernambucana”, acrescentou.A

Apenas a Coaf gera 4 mil empregos diretos na Mata Norte. O presidente da Coaf, Alexandre Andrade Lima, reforçou a relevância da usina para a região. “O faturamento se divide para pagamento dos trabalhadores, dos fornecedores e dos impostos. Então esse recurso gira em torno de toda a região, beneficiando grande parte da população. Costumo dizer que uma usina é sempre patrimônio do município, porque o que ela gera de emprego e renda para toda a comunidade é uma coisa imensurável”, declarou.“A gente trabalha por temporada. Agora que vai começar a moer a safra, eles nos chamam e temos nossa vaga certa. E essa oportunidade é muito importante para conseguir colocar as coisas dentro de casa. Tem gente que trabalha aqui que já comprou carro, moto e até uma casa própria”, contou Cristiano Manoel de Oliveira, funcionário da usina há dois anos.

A estimativa é que a indústria da cana-de-açúcar gere cerca de 200 mil empregos diretos e indiretos, no Estado, que conta atualmente com 11 usinas de açúcar e destilarias em operação.F

otos: Hélia Scheppa/SEI

Elielson Lima 28 ago 2019 - 17:35m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog