Jaboatão – Aniversário
PCR – Cred Pop
GOVERNO DE PE – USO DE MÁSCARA (REFORÇO 2021) – COVID 19
Na defesa Ao lado de Haddad, Humberto defende unidade contra Bolsonaro

Ao lado de Haddad, Humberto defende unidade contra Bolsonaro



Para um público que lotou as ruas do entorno do mercado de Casa Amarela, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), defendeu, ao lado do ex-ministro Fernando Haddad, a ampliação do diálogo para barrar medidas impopulares do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo o senador, é preciso unir forças contra o projeto bolsonarista e “antipovo”. Humberto disse que o Brasil deve olhar para o que aconteceu na Argentina, onde o presidente Mauricio Macri adotou um modelo parecido com o que vem sendo defendido por Bolsonaro e levou o país a uma crise sem precedentes. 

“Nós continuamos na trincheira, na resistência contra esse governo. Temos que estar juntos, nos organizar para que a gente possa impedir os desmontes e barrar essa política econômica, que amplia o desemprego, a desigualdade e gera  sofrimento para o nosso povo. O caminho é de uma unidade nacional. Pernambuco, assim como todo Nordeste e o Brasil, precisa estar unido na luta para enfrentar o governo Bolsonaro”, afirmou o senador. O ato foi realizado no contexto da Caravana Lula Livre, encabeçada por Haddad e que contou com a presença de deputados federais, estaduais e diversas lideranças políticas. 

Na mesma linha, Haddad criticou a postura de Bolsonaro, que, desde que assumiu a presidência, tem dado declarações que vêm gerando reação no Brasil e no mundo. ” O presidente da República é um sujeito que dia sim e outro também só faz besteira. Ele sempre tem uma palavra para ofender alguém, seja mulher, indígena, negro ou nordestino. Bolsonaro só faz dividir o país e se você não for miliciano, você não tem respeito dele. Ele só respeita miliciano”, disparou Haddad, que completou: “No Nordeste, foram 70% de votos pro 13. O Nordeste não fugiu da luta. Agora, temos que convencer o povo do Sul, Sudeste”. 

Neste domingo, a Caravana Lula Livre chega a Monteiro, na Paraíba, onde governadores, lideranças políticas e militantes irão fazer um grande ato denunciando a paralisação das obras da Transposição do Rio São Francisco. Foi em Monteiro que Lula fez a inauguração popular da obra e reuniu milhares de pessoas, em março de 2017. “Seguiremos em frente, denunciando, e enquanto Lula não estiver livre ,não sairemos da rua”, afirmou Haddad. 

Elielson Lima 01 set 2019 - 1:21m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Publicidade – Olinda

Publicidade – Alepe

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog