Pcr – novo modelo
Novo Jaboatão
Copergás
Gov – Plano de retomada
Coluna Coluna da sexta | Carpina se transformou num verdadeiro trampolim eleitoral

Coluna da sexta | Carpina se transformou num verdadeiro trampolim eleitoral

Publicado em: 03/01/2020 - 0:01m

Conhecida como a Capital da Mata Norte, não é de hoje que a cidade do Carpina vem se transformando trampolim eleitoral para muitos que por lá passa. Em décadas passadas, a família Santa Cruz e Silva conseguiu produzir um prefeiturável do Recife com Sérgio Murilo, as circunstâncias e a forma é bem diferente das atuais. Só para completar o registro histórico, o guia da eleição chegou a ser gravado na cidade interiorana – um fato inusitado. O resto da história todo mundo já sabe e o quanto uma briga local atrapalhou um sucesso político de um carpinense.

O vereador Tota Barreto fez o mesmo caminho. No primeiro Governo Joaquim ganhou visibilidade pelo trabalho destaque que realizou como secretário de Turismo o projetando para disputar a eleição em Lagoa do Carro, recém-emancipada, tornando-se o primeiro prefeito da cidade. Recentemente, ele já anunciou que já transferiu seu domicílio eleitoral para Lagoa e está forte no páreo. Em Carpina, deixará sua filha Eduarda Barreto.

Recentemente o então vereador de Carpina, Dr Fernando Augusto após conseguir emplacar o mandato na cidade correu para fazer política em Araçoiaba, onde hoje ele é vice-prefeito. Na Legislatura passada também aconteceu um fato similar ao de ontem, o então vereador Capitão Marcelo renunciou ao mandato para se tornar pastor.

Agora foi a vez do vereador Antônio Resende (PP), que renunciou ao mandato para concorrer a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho. Pela legislação eleitoral nada impedia que ele continuasse no cargo, porém pegava mal o discurso de ser vereador em uma cidade e ser candidato em outra. Lembrando que Resende foi o vereador mais votado nas eleições de 2016 obtendo 1800 votos que agora ficam órfãos de representante. Cabe a ele uma palavra final aos carpinenses que confiaram em suas palavras e em seu trabalho na Câmara.

Podemos concluir com esses três exemplos de muitos que poderia citar que Carpina se transformou num verdadeiro trampolim eleitoral e que só vem perdendo com esses atos.

AGRADECIMENTO – Quero agradecer as centenas de mensagens que recebi ao longo do dia pela comemoração dos 6 anos do nosso blog. Reitero minha animação para seguir em frente e o compromisso com a verdade dos fatos. Estamos apenas no começo da jornada!

IMBRÓGLIO JUDICIAL? – Diante de uma notícia que o vereador Faraó não seria efetivado com a renúncia de Antônio Resende. Fizemos uma consulta a vários advogados eleitorais e todos foram unânimes. “A vaga só fica com o partido em caso de infidelidade partidária, que não é o caso. O Supremo já tem decisões similares”, afirmou Tito Moraes. Portanto, a posse que está marcada para hoje é legal não existindo imbróglio judicial nenhum.

ANIMADO – O prefeito de Palmares, Altair Júnior (MDB) não só reafirmou que será candidato a reeleição como jogou na conta da oposição o “boato” que ele iria desistir. Altair diz está animado para ir às urnas em outubro. Ele começou 2020 já pagando a folha de dezembro para todos os servidores.

RÁPIDAS

LIMOEIRO – O Palácio do Campo das Princesas já acendeu o sinal amarelo diante da candidatura a reeleição do prefeito Joãozinho. O que comenta-se nos corredores é que “a carga nele está grande, mas não decola até agora”.

SEM GRUPO – Após ser colocado no isolamento pelo grupo da Oposição, o ex-prefeito de Lagoa do Carro, Jailson do Armazém ficou sem grupo e terá que suar a camisa para juntar novas lideranças.

ROENDO AS UNHAS– A lista é grande dos que sonham em ser o escolhido do prefeito de Tracunhaém, Belarmino Vasques (PR) como seu sucessor. Chegou 2020, mas ele só deve anunciar depois do carnaval.

PINGA-FOGO: Quem será o próximo a deixar Carpina para ser candidato em outra cidade?

Elielson Lima 03 jan 2020 - 0:01m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog