PCR – Cred Pop
GOVERNO DE PE – USO DE MÁSCARA (REFORÇO 2021) – COVID 19
Jaboatão – Aniversário
Direito de Resposta Em nota, Marcello Gouveia rebate Victor Pereira: “eles estão desesperados”

Em nota, Marcello Gouveia rebate Victor Pereira: “eles estão desesperados”


Nota

Em atenção ao art. 2° da lei n° 13.188/2015, eu, Marcelo Fuchs Campos Gouveia tendo em vista a matéria vinculada neste blog no dia 09/03/2020 às 12h53min, relativa ao link: https://www.blogdoelielson.com.br//solicito o direito de resposta nos seguintes termos:

O Senhor Vitor Pereira, filho do ex-prefeito José Pereira (gestão 2013-2016), questionou a edição do Decreto Municipal nº 060 de 14 de março de 2019, que tem como objeto a desapropriação da área onde é realizada a Paixão de Cristo do Monte da Fé, no Bairro da Asa Branca. O mesmo argumenta que o Decreto teria sido realizado em desvio de finalidade, com o objeto de efetuar indenizações à minha família, até então proprietária do imóvel.

Passo a informar:

1 – Vale destacar que as tratativas para desapropriação das referidas terras iniciaram na gestão anterior do ex-prefeito, José Pereira de Araújo.

2- Todo processo de desapropriação foi realizado em conformidade com a legislação pertinente que regula esses procedimentos administrativos.  Importante destacar que inexistiu qualquer irregularidade no processo de desapropriação, todos os trâmites legais foram rigorosamente respeitados, tanto que a aquisição do imóvel já foi levada a registro no cartório competente e está disponível a qualquer interessado.

3- Não era possível utilizar as terras mencionadas do Loteamento Novo Paudalho, tendo em vista que as mesmas já foram utilizadas para a construção de uma escola, uma unidade básica de saúde e as terras remanescentes dessa área estão dentro do Engenho Vidração que fica distante das comunidades da Asa Branca e Santa Mônica. Por isso, não seria possível a realização do equipamento público da praça, que reforço que é um pleito antigo da comunidade, em meio ao canavial.

4- Trata-se do entorno da área do Monte da Fé, onde se realiza a décadas o tradicional espetáculo da Paixão do Monte da Fé, terceiro maior espetáculo de Paixão de Cristo em Pernambuco, assim, tendo em vista tratar-se de área de grande interesse religioso e cultural, surge à necessidade de construção de aparelho público para melhor atender à população.

5- Referente aos preços praticados, deixo claro que foi realizada uma pesquisa de mercado através de comissãocriada especificamente para acompanhamento e elaboração da referida desapropriação, onde se constatou que os valores estão bem abaixo dos preços dos terrenos próximos que também estão sendo vendidos e do próprio Loteamento Nova Paudalho.

6 –Que a  área pertence de fato à família Campos Gouveia, conforme se comprova através das certidões de propriedade anexadas ao processo administrativo, entretanto, por ser proprietário de vários imóveis na região, inevitavelmente algum desses imóveis são desapropriados para fins de utilidade pública.

Por fim, fica cada vez mais claro que esse grupo politico, liderado pelo Sr. José Pereira, que está inelegível em razão das inúmeras ilegalidades cometidas quando Prefeito Municipal, que o povo já reprovou por duas vezes seguidas, nas eleições de 2016 e nas eleições de 2018, continua a praticar uma política velha, baseada em mentira, em calúnias e difamações. Quanto mais se aproximam as eleições, os mesmos, desesperados, vendo que eleitoralmente irão ser fadados ao fracasso, tentam desconstruir a real imagem de uma gestão que está fazendo a diferença, que trabalha em prol do povo de Paudalho. E a reposta é apenas uma: trabalho, trabalho e trabalho.

MARCELLO GOUVEIA – PREFEITO DE PAUDALHO.

Elielson Lima 09 mar 2020 - 22:07m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

Publicidade – Olinda

Publicidade – Alepe

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog