Governo – Pandemia não acabou
Compesa
Alepe Teresa Leitão defende adiamento do Enem 2020

Teresa Leitão defende adiamento do Enem 2020


No plenário da Alepe nesta quinta-feira (23), Teresa Leitão fez duras críticas ao Governo Bolsonaro, principalmente à condução do ministro da Educação. Teresa defendeu o adiamento da edição 2020 do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) em decorrência dos transtornos causados pelo novo coronavírus. 

“O Enem não se realiza num estalar de dedos. Exige um grande planejamento. Isso justifica que se tome essa decisão logo”, afirmou. “Não são todos os alunos que têm acesso à internet e podem estudar com recursos à distância. Ao manter a data atual, vamos prejudicar os estudantes com maiores dificuldades socioeconômicas”, complementou.

Teresa Leitão destacou, ainda, a aprovação do Projeto de Lei nº 897/2020, que amplia o prazo de recebimento da bolsa de manutenção do Programa de Acesso ao Ensino Superior (PE no Campus). O texto, aprovado pelos deputados, cria a possibilidade de renovação do benefício por mais seis meses para os estudantes que, após dois anos, comprovem necessidade.

“Um recado para os estudantes: vejam como é bom se mobilizar. Vocês procuraram e dialogaram com vários deputados e deputadas, de diversos partidos, que estão apoiando sua luta”, disse Teresa em relação à votação do PL 897/2020.

A parlamentar também criticou duramente as declarações “genocidas” do ministro da Educação, que em uma entrevista para a Rádio Jovem Pan minimizou as mortes causadas pela pandemia do novo conoravírus, dizendo que “menos de 40 mil irão morrer”. Para ela, a vida das pessoas não são números e, além da falta de preparo do ministro, sua atitude comprova que esse governo não se importa com as vidas dos brasileiros e brasileiras.

Elielson Lima 23 abr 2020 - 19:26m

Comentários

Compesa

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog