Compesa
Governo – Pandemia não acabou
Alepe “Defender o adiamento do Enem é pensar nos estudantes sem acesso à internet”, afirma Guilherme Uchoa Júnior

“Defender o adiamento do Enem é pensar nos estudantes sem acesso à internet”, afirma Guilherme Uchoa Júnior



O deputado estadual Guilherme Uchoa Júnior disse na manhã desta terça-feira(19) que a prorrogação do Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, é uma medida imprescindível em razão da grave crise sanitária que assola no país.O Senado Federal deve votar hoje à tarde o projeto de lei da deputada federal Daniela Ribeiro(PP-PB) que prevê o adiamento das provas, exanes e demais atividades para o acesso ao ensino superior, em decorrência da Covid-19.O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira(INEP) sustenta que princípio as datas podem ser alteradas, mas que causariam prejuízos à sociedade brasileira.As provas estão marcadas para o mês de novembro, 1 e 8 (versão presencial) e 22 e 29(versão digital).Uchoa declarou que está alinhado com as entidades estudantis e os colégios federais, que defendem a alteração da data das provas. “Os estudantes mais pobres não têm acesso ao ensino remoto nesse período de suspensão das aulas presenciais”, comentou.Para ele, a postergação das datas inicialmente previstas torna-se necessária diante do avanço da doença em todo o território nacional e das fragilidades dos estudantes de menor poder aquisitivo.

Elielson Lima 19 maio 2020 - 17:15m

Comentários

Compesa

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog