Compesa
Recife
Governo – Pandemia não acabou
Carpina Prefeitura do Carpina abre unidade de acolhimento para moradores de rua

Prefeitura do Carpina abre unidade de acolhimento para moradores de rua


A Prefeitura do Carpina (PMC), através de sua Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES), deu início, nesta sexta-feira (19), ao funcionamento da Unidade Temporária de Acolhimento à População em Situação de Rua do Carpina. O equipamento é um abrigo social e funcionará 24h por dia, atendendo pessoas adultas e/ou famílias, que necessitem do apoio.

O objetivo é acolher moradores de rua do município promovendo o isolamento e distanciamento social, assim como a proteção social desse grupo, considerado de alta vulnerabilidade social, enquanto durar o período de pandemia do Covid-19. Cerca de 15 pessoas utilizarão o local. “Realizamos mapeamentos nos bairros da cidade para quantificar a população de rua em Carpina, com isso, pudemos elaborar estratégias para esse público e dar a eles um pouco de proteção nesses dias difíceis”, disse a Sec. Mun. de Desenvolvimento Social, Marta Guerra.

Carpina é pioneira, na Mata Norte, em disponibilizar o abrigo, que possui estrutura para acolher 30 pessoas com camas, área de lazer, local para alimentação, cozinha e banheiros. Equipes da SEDES estarão presentes com os residentes por todo o dia. Eles também receberão acompanhamento psicológico e de saúde, ofertada pela Secretaria de Saúde do Carpina.

“O atendimento será feito pensando na proteção social, alimentar, de moradia e física dessas pessoas, em parceria com outras secretarias municipais como a de Saúde, com o apoio das UBS próximas e do Centro de Apoio Psicossocial (CAPS), que trará profissionais, como psicólogos e psiquiatras, para ajudar no acolhimento desse pessoal”, lembrou Bruna Carvalho, Assistente Social e coordenadora da unidade.

Elielson Lima 19 jun 2020 - 22:13m

Comentários

Recife
Compesa

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog