Governo – Pandemia não acabou
Alianças Secretário pede exoneração e adere ao grupo de João Morais em Machados

Secretário pede exoneração e adere ao grupo de João Morais em Machados


O fim de semana político no município de Machados traz como notícia a decisão do ex-vereador Chú Militão. Ele entregou o cargo de secretário municipal de Agricultura e anunciou adesão ao grupo político do pré-candidato a prefeito João Morais (MDB). A decisão também marcou o rompimento político dele com o prefeito Argemiro Pimentel e com o vice e pré-candidato a prefeito, Juarez da Banana (ambos PSB). 
A informação de insatisfação com a atual gestão e da possibilidade de mudança de lado circulava há alguns dias pelas ruas da cidade, sendo concretizada na noite desse sábado (4), quando Militão foi recepcionado pelos integrantes do novo grupo, inclusive, com direito a fotos nas redes sociais. É o velho dito popular: “prego batido e ponta virada”. A aliança política dele com Morais reforça o palanque da oposição para as eleições municipais deste ano.
Notoriamente, detentor de baixa rejeição, João Morais passa longe da polarização negativa e, com isso, tem somado novas adesões. Grande parte do comércio da Terra da Banana sinaliza apoiar sua futura candidatura. O irmão de João, Artur Morais, empresário e um dos maiores geradores de emprego do município, apresenta-se como importante articulador. 
A pré-candidatura de João Morais vem com a “benção” do senador e líder do governo Bolsonaro, Fernando Bezerra Coelho (MDB), além do deputado federal Fernando Filho (DEM). O grupo também conta com dois vereadores: Luciano da Funerária e Manoel de Deda Maço (ambos MDB e pré-candidatos à reeleição). O ex-vereador Francisco Fotografias (MDB), mais um que deixou o grupo do atual prefeito, também integra o grupo e a equipe de coordenação

Elielson Lima 04 jul 2020 - 16:06m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog