Governo – Pandemia não acabou
Coluna Coluna da segunda | André Ferreira se projeta em meio a indefinição da Oposição

Coluna da segunda | André Ferreira se projeta em meio a indefinição da Oposição


Neste final de semana o nome do deputado federal André Ferreira, presidente estadual do PSC, voltou a ser lembrado para disputar à Prefeitura do Recife. Nos primeiros movimentos para esta eleição, ele teve seu nome cotado, mas recuou naquele momento para resolver a eleição do irmão em Jaboatão.

Voltando a pauta eleitoral do Recife, André sai na frente dos demais nomes postos por ter o comando de dois partidos, o seu PSC e o PL presidido pelo seu irmão, o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira. Garantindo a ele tempo de Televisão e estrutura para colocar a campanha na rua.

Depois, pelo posto de líder que ocupa na Câmara dos Deputados se aproximou e vem votando com a pauta do Governo Bolsonaro desde o início da Legislatura. Dando a ele, a envergadura de ser de fato o candidato do presidente na disputa. Além da bandeira da família erguida desde os seus mandatos de vereador da Capital e de deputado estadual.

Por estar chegando agora e ter se poupado da tensão resultante da espera mútua de Mendonça e Daniel seria mais fácil ser o consenso com o apoio desses atores. Sem falar da relação histórica com Bruno Araújo atraindo o PSDB para seu futuro palanque.

Por esses e outros tantos motivos, André Ferreira poderá se projetar eleitoralmente, no Recife, diante desse quadro de indefinição gerado no bloco da Oposição, diga-se de passagem, às vésperas das convenções numa cidade que ele foi o mais votado federal da Oposição, em 2018.

RIFADOS – Se de fato André topar entrar no páreo, duas candidaturas estão sumariamente rifadas, o coronel Aberto Feitosa e Daniel Coelho. Ambos estão dependendo diretamente da sinalização dos Ferreiras. O primeiro, porque está filiado ao PSC, o segundo porque são os únicos partidos além do seu que o apoia.

CONSOLIDADO – Concorrendo a reeleição em Jaboatão, o prefeito Anderson Ferreira preparou-se bem para o jogo eleitoral. Desmontou completamente a Oposição e já contabiliza 14 partidos na sua base. A expectativa é que os Progressistas anunciem a adesão nesta semana, elevando para 15, o número de siglas com Ferreira.

DESUNIÃO” POR GOIANA – O clima ficou tenso no grupo formado entre os pré-candidatos a prefeitos na cidade de Goiana, na Mata Norte, após apresentação de uma pesquisa encomendada por eles mesmos. Antes do números o acordo estava em pé, depois a história foi outra. Walter da ETP é o primeiro a sinalizar que vai desembarcar. Originalmente o nome do projeto era União por Goiana, mas se transformou numa verdadeira desunião.

RÁPIDAS

CONVENÇÃO MARCADA – O prefeito de Carpina e pré-candidato a reeleição, Manuel Botafogo (PDT), já confirmou a data de sua convenção partidária será no dia 6 de setembro, ele é o primeiro a anunciar a data do evento, que por causa da pandemia deverá ser virtual. Botafogo conta com o apoio de seis partidos: PDT, PSDB, Solidariedade, PTC, Cidadania, PCdoB e MDB. 

CHÃ DE ALEGRIA – O ex-prefeito Cláudio Honório recebeu dois apoios de peso neste final de semana, o também pré-candidato a prefeito Dr. João Ferraz e o até então lançado vice na chapa oficial, Albino. A eleição em Chã de Alegria promete ser um clássico.

PURO SANGUE – Escondendo o nome do escolhido, o prefeito Guiga de Vicência só revelou à Coluna que seu vice será do seu partido, o Cidadania. “Vamos fazer uma chapa puro sangue”, brincou. Guiga está vive num verdadeiro céu de brigadeiro rumo a reeleição.

PINGA-FOGO: A pesquisa do PDT desta semana é a desculpa que Lupi precisa para rifar Túlio Gadelha, no Recife?

Elielson Lima 24 ago 2020 - 0:00m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog