Governo – Pandemia não acabou
Direito de Resposta

Em nota, Câmara de Cumaru diz que não foi notificada oficialmente da decisão judicial


A Câmara de Vereadores de Cumaru esclarece que não foi oficialmente notificada de qualquer decisão judicial. No tocante à sessão ordinária em que foram rejeitadas as contas do exercício de 1998 do ex-prefeito Eduardo Gonçalves Tabosa Júnior, na última sexta-feira (21), procuramos seguir o trâmite legal. Não é pertinente que o Poder Legislativo municipal acate através de terceiros, no meio da confusão gerada por apoiadores do ex-prefeito, a comunicação de um documento que apenas cabe ao Poder Judiciário estadual emitir, o que pode acarretar, da nossa parte, total insegurança jurídica para o processo legislativo. Estamos certos de que agimos à luz do devido processo legal e respeitando os interesses do povo de Cumaru.

Elielson Lima 23 ago 2020 - 22:16m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog