Governo de Pernambuco – Use máscara 1
Opinião Covid-19: Uma vacina é possível?

Covid-19: Uma vacina é possível?


Por Dr. Antônio Jordão, Médico

As perspectivas não são alvissareiras. Não que falte vontade e desejo. Há 40 anos o mundo científico investiu, mas não conseguiu uma vacina para o vírus da imunodeficiência humana (HIV) responsável pela síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). Nem para o SARS-COV (um coronavírus), nem para o da MERS. Conseguirá para o coronavírus SARS-COV-2 da Covid-19?
A família de vírus Influenzae (responsável pelas gripes) acompanha a humanidade desde sempre. Assim como os coronavírus. No caso dos influenzae, aí incluído o H1N1 da gripe suína, vacinas tem sido conseguidas, assim como para outros: da poliomielite, raiva, rubéola, entre outros. No entanto, até o momento não houve êxito vacinal contra nenhum coronavírus infectante de humanos. Má notícia.
As propostas de vacinas contra o SARS-COV-2 da covid-19 são temerárias. Organizações privadas e governamentais estão numa corrida louca para colocar no mercado uma vacina. Mas, cabe as perguntas: a) deve ser a qualquer custo? B) E se der errado? Porque até o momento não foram publicizados os necessários estudos das etapas iniciais: fase exploratória e fase pré clínica. Comenta-se que não houve a aprovação em animais. E tampouco foram disponibilizados os dados de Ensaios Clínicos de fase 1 e de Fase 2. Necessários para se decidir, a nível de avaliação científica, pela existência ou não de eficácia e segurança para seu uso nas fases 3 e 4, nos brasileiros.
Por falar nos brasileiros, nós nos tornamos a arca do tesouro dos laboratórios de vacinas. Pelas nossas origens étnicas, pela nossa miscigenação e pelas n possibilidades de conjunções genéticas e de diferentes respostas. Nenhum outro país possui tal riqueza – anteriormente miravam as nossas riquezas naturais do solo, subsolo e águas, agora, os olhos dos estrangeiros se voltam também para as nossas características humanas – na condição de cobaias. Um imenso laboratório de 212 milhões de humanos!
Como se não bastassem os interesses comerciais, surge em plena pandemia uma decisão inusitada: a justiça brasileira dá isenção de responsabilidade ao produtor da vacina que faz experimento nos brasileiros. Ou seja, o desejo dos sonhos de qualquer indústria: não apresentar todos os dados iniciais, não garantir segurança e eficácia, não se submeter a um crivo de interesse nacional, poder testar em nós, e, se der algo errado, não pode ser responsabilizado. Há quem diga: só mesmo no Brasil!
E por falar em vacina em teste no Brasil, comenta-se que em são Paulo já há registros de efeitos adversos importantes em 5% dos que se imolaram na promessa vacinal. Com algumas mortes. E nossa população vivendo a fantasia de uma solução mágica. Porém, não existem soluções mágicas!
Merece menção a fala recente do presidente do maior fabricante mundial de vacinas (Merck): “o menor tempo de uma vacina cumprir todas as etapas corretamente e ser posta no mercado foi de QUATRO anos”. Alguém tem dúvida sobre o açodamento de propostas para a vacina contra o coronavírus 2?
O movimento Manifesto Médicos pela Vida levou esta preocupação (entre outras) ao presidente da República. E propôs a criação de um Comitê de Cientistas brasileiros da área para aprovar qualquer vacina. A fim de atestar segurança e eficácia para a saúde e a vida dos brasileiros. O Brasil precisa assegurar sua soberania e o interesse do seu povo, afinal, o brasileiro não pode ser tratado com boi de piranha. Coincidentemente, horas depois da audiência com o presidente, a Universidade de Oxford jogava a toalha e dizia ao mundo a desistência da vacina contra o SARS-COV-2. E agora?
Sem a vacina, o que nos resta? Cada dia mais, a certeza de que a alternativa mais segura continua sendo a barreira medicamentosa. O uso profilático e terapêutico dos medicamentos existentes. Aliados às demais recomendações racionais.
Para quem tiver alguma dúvida, segue abaixo carta do virologista Paolo Zanotto sobre o tema.

Elielson Lima 19 set 2020 - 14:58m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog