Governo – Pandemia não acabou
Agenda do candidato João Campos vai criar maior programa de crédito popular municipal do Brasil

João Campos vai criar maior programa de crédito popular municipal do Brasil


Iniciativa, anunciada na manhã deste domingo, no Cordeiro, contará com cerca de 10 mil operações por ano

Compreendo a importância do poder público no fomento à geração de emprego e de renda na cidade, o candidato a prefeito da Frente Popular do Recife, João Campos (PSB), anunciou, neste primeiro dia de campanha, uma proposta ousada:  a criação do maior programa de crédito popular municipal do Brasil. Após visita à comunidade Irmã Dorothy, João Campos seguiu para reunião com o vereador Eduardo Marques (PSB) e o seu grupo, no bairro do Cordeiro, onde fez o anúncio para moradores da localidade A iniciativa prevê a disponibilização de linhas de crédito de R$ 3.000, com taxas de juros reduzidas de 0,99% e prazo de 12 meses para o pagamento, além de quatro meses para começar a pagar. A ideia é realizar aproximadamente 10 mil operações ao ano. 

Durante o anúncio, feito em reunião na Sala de Reboco, que seguiu as recomendações das autoridades sanitárias, João reforçou que é necessário fomentar a economia através dos pequenos empresários neste momento difícil que passa a economia. 

“Quero dizer a vocês que vamos avançar, fazer mais e diferente. Nossa primeira proposta do programa de governo é anunciar que vamos lançar o maior programa de crédito popular das capitais brasileiras. A gente vai oferecer para os pais e mães de família R$ 3 mil. Com isso, vamos viabilizar tantas pessoas que perderam emprego para que eles possam empreender, comprando uma máquina de costura, fabricando artesanato, fazendo doces e tantas outras coisas que é possível fazer. Recife é uma cidade criativa. E mais do que desafios, temos pessoas de talento e gente que tem coragem. Vamos valorizar esses recifenses”, afirmou. 

Na ocasião, João Campos pontuou os avanços da cidade nos últimos anos com a Frente Popular do Recife, como novos Compaz, Hospital da Mulher, Hospital do Idoso e Upinhas. Ele ressaltou a importância de iniciar um novo momento na cidade, voltado para a valorização dos  micro empreendedores que fazem a economia dos bairros girar. “É muito importante no momento pós-pandemia da Covid-19 que essas pessoas tenham acesso ao crédito para garantir a geração de renda e o emprego. Vamos assegurar, pela Prefeitura, que isso seja possível para milhares de recifenses”, garantiu.

A iniciativa tem uma meta de 10 mil operações por ano. Outro diferencial é que, caso o tomador ou tomadora do empréstimo pague as parcelas em dia, a última fica por conta da Prefeitura. Além disso, o cidadão recifense negativado também poderá ter acesso ao crédito. A Prefeitura também se comprometerá em realizar o registro de Micro Empreendedor Individual (MEI) aos que desejarem. Investimento médio previsto é de R$ 23 milhões em quatro anos.

Fotos: Rodolfo Loepert/Frente Popular do Recife 

Elielson Lima 27 set 2020 - 13:37m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog