Governo – Pandemia não acabou
Campanha No Totó, Mendonça promete requalificar os postos de saúde dos bairros

No Totó, Mendonça promete requalificar os postos de saúde dos bairros


Em visita ao Totó, o candidato a prefeito pelo DEM questionou a forma como a atual gestão trata o atendimento básico no Recife e prometeu mudanças e revisão de contratos

Mendonça Filho, candidato a prefeito do Recife, e Priscila Krause, a vice em sua chapa, ambos do DEM, caminharam, na manhã deste domingo (11), no Totó, na Zona Oeste da cidade, onde se encontraram com lideranças locais, cumprimentaram eleitores pelos arredores da Avenida Liberdade, a principal do bairro e ouviram muitas queixas, sobretudo,em descasos em relação à saúde na região. “Muitas gente me parou para reclamar do atendimento do Centro Social Urbano, Bidu Krause, onde funciona um centro de saúde do Totó, que está abandonado. Faltam médicos e medicamentos. É preciso mais atenção com os postos nos bairros. Requalificar esses postos é um compromisso que Priscila e eu firmamos com a população”, disse. A saúde é um dos destaques do principal eixo do programa de governo da candidatura de Mendonça Filho e Priscila Krause à Prefeitura do Recife, o do desenvolvimento social.

Entre os destaques, estão propostas como estabelecer protocolos de atendimento comuns para toda rede municipal, evitando disparidades entre equipamentos; integrar as ações preventivas com a rede municipal de educação, fortalecendo o Programa de Saúde da Família; fazer uso da tecnologia da informação para interligar a rede municipal de saúde, garantindo que cada paciente tenha um prontuário eletrônico único, e utilizar a telemedicina. Mais: Mendonça Filho garantiu que revisará todos os contratos das Organizações Sociais da Saúde (OS), que possuem parceria com a atual gestão e que já fizeram, através de acordos suspeitos, a Prefeitura ser visitada por seis vezes pela Polícia Federal, durante a pandemia.

Aliás, a gestão da crise de saúde durante a pandemia mereceu um apontamento especial por parte de Mendonça Filho. “Gastaram milhões de reais em hospitais de campanha, já desativados, em unidades de alta complexidade, que foram desnecessários, em compras de luvas e outros equipamentos em excesso, com superfaturamento. Chegaram até mesmo a comprar respiradores mecânicos, que só haviam sido testados em porcos e que sequer tinham sido autorizados pela Anvisa. Não se pode tratar os recifenses como porcos. Isso é má gestão, e é o que os governos do PSB fazem com as pessoas”, disparou.

“O papel da Prefeitura do Recife, pelo menos será em nossa gestão, é dar atenção básica. Evitar o problema no início. Não deixar faltar médico nem remédios. E receber bem os recifenses nos postos. Não podemos jamais considerar normal que uma mãe ou pai de família tenham de ir para a fila de um posto de saúde às 4h para serem atendidos por volta do meio-dia. Isso vai acabar”, afirmou

Elielson Lima 11 out 2020 - 18:10m

Comentários

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog