Governo – Pandemia não acabou
Compesa
Coluna Coluna da sexta | Retorno de Matuto à Prefeitura equilibra eleição em Paulista

Coluna da sexta | Retorno de Matuto à Prefeitura equilibra eleição em Paulista


Com o retorno de Júnior Matuto ao comando do Paulista, no Litoral Norte, após decisão do Supremo, a eleição na cidade que se encaminhava para uma vitória da oposição agora voltar a ser um verdadeiro clássico entre o ex-prefeito Yves Ribeiro e Francisco Padilha.

Conhecido no meio político como “fazedor de eleições”, Matuto tem pela frente a missão de eleger o sucessor caso queira permanecer na vida pública tirando do papel o sonho de ser deputado. 

Por fim, Paulista pela primeira vez terá segundo turno e a disputa promete ser voto a voto, sobretudo após a decisão do ex-candidato Ramos adotar a neutralidade que poderia se tornar o fiel da balança.

DE OLHO EM 22 – Aliados do ex-prefeito Joaquim Lapa, após perder a eleição em Carpina já divulgam nas redes sociais a seguinte mensagem: “Joaquim Lapa 2022”, deixando entender que ele será candidato na próxima eleição estadual.

DEBATE – O tom do primeiro debate entre os prefeituráveis no Recife foi de muitas farpas e golpes baixos. Esse clima permeará os quase 15 dias de campanha até a eleição do dia 29. João Campos e Marília Arraes mostraram que não estão pra brincadeira. 

RÁPIDAS 

TRANSIÇÃO – O prefeito eleito da Vitória de Santo Antão, Paulo Roberto anunciou ontem sua equipe de transição. O ato contou com a presença do deputado estadual Joaquim Lira. 

TAMANHO DE FEDERAL – Mesmo com seis derrotas majoritárias, o ex-ministro Mendonça Filho conseguiu uma votação expressiva para prefeito do Recife e ainda conseguiu emplacar seu candidato em Belo Jardim, contrariando as pesquisas. Com isso, Mendoncinha saiu com tamanho de federal.

PINGA-FOGO: A eleição da mesa diretora da Alepe será este ano ou ficará para 2021?

Elielson Lima 20 nov 2020 - 8:27m

Comentários

Compesa

Pesquisar

Publicidade

 

Curta no Facebook

Arquivos do Blog