Campanha – Governo de PE – 130 mil empregos novo
Debate João Campos: “Fazer o certo é inegociável”

João Campos: “Fazer o certo é inegociável”

Publicado em: 24/11/2020 - 15:20m

Candidato a prefeito pela Frente Popular do Recife, o deputado federal João Campos (PSB) participou, nesta terça-feira (24), de debate realizado pela TV Jornal. Ele apresentou suas propostas para a cidade em áreas como inovação, saúde e educação, mas também questionou a candidata Marília Arraes (PT) sobre uma acusação de improbidade do Ministério Público em relação a empregados fantasmas e uma gravação de áudio em que o deputado federal Túlio Gadelha (PDT), aliado da petista, diz que ela sugeriu fazer um esquema de “rachadinha”.

“Nosso compromisso é com a verdade. Isso incomoda a candidata Marília, porque ela tem que dar explicações ao Ministério Público e principalmente a vocês. Tem que explicar a gravação feita pelo deputado aliado. Enquanto ela é acusada de ter funcionários fantasmas, eu fiz seleção pública para contratar pessoas para o meu gabinete. Fazer o certo nem sempre é fazer o fácil, mas o certo é inegociável. Na minha gestão, eu serei o primeiro a denunciar qualquer ato equivocado que exista, porque eu não abro mão disso”, afirmou o prefeiturável.

Sobre inovação, João Campos se comprometeu a construir uma política municipal de transformação digital e inovação aberta, abrindo espaço para que haja um grande choque de gestão. “A gente vai poder trazer, que é um compromisso da nossa geração com a gestão pública, o diálogo de processos e digitalização de serviços muito mais otimizados, que possa ajudar as pessoas. A gente vive uma era digital”, destacou.

Quando indagado pela postulante adversária sobre a saúde, João lembrou que o Hospital Pediátrico Cravo Gama foi fechado pelo ex-prefeito e correligionário petista João da Costa, que apoia a campanha dela. O candidato explicou que o desafio da próxima gestão é o atendimento de saúde na média complexidade. “Na atenção básica, vamos ampliar as Upinhas em 11 novas unidades em locais com menor cobertura da rede e maior vulnerabilidade social, além de aumentar o número de Equipes de Saúde da Família. Mas precisamos construir estruturas como o Hospital da Criança, com emergência 24 horas, especialidades, sala de cirurgia, e a UPA-E de Casa Amarela”, frisou.

Seguindo o histórico de defesa forte da educação, o candidato a prefeito do Recife falou que o setor é a prioridade da sua vida pública e fez uma fala com recorte na área educacional inclusiva. “Na rede municipal, temos mais de 5 mil alunos com algum tipo de deficiência. No contraturno, os alunos são atendidos em 200 Salas de Recursos Multifuncionais, garantindo um acompanhamento permanente. O que iremos fazer é investir em novas salas, tecnologia assistiva, formação continuada de professores especializados e material didático acessível”, disse.

Ainda sobre o tema, João acrescentou que, de forma mais ampla, dará um salto de qualidade na educação pública dobrando o número de vagas em creches, alfabetizando na idade certa e qualificando jovens para atender a demandas de tecnologia e informação em celeiros de projetos como é o caso do Porto Digital.

Juliany Santos 24 nov 2020 - 15:20m

Comentários

Pesquisar

Curta no Facebook

Publicidade

Arquivos do Blog