Governo – Pandemia não acabou
Cabo
Recife João Campos monitora vacinação no Centro Guilherme Abath

João Campos monitora vacinação no Centro Guilherme Abath


No segundo dia de agenda de rua, após o isolamento devido à covid-19, o prefeito do Recife João Campos conferiu de perto o processo de vacinação contra a doença na Unidade de Cuidados Integrais Guilherme Abath, onde há oito salas de vacinação, no Hipódromo, na manhã desta sexta-feira (29). Após conversar com os profissionais de saúde, idosos que aguardavam a vacina no local e seus acompanhantes, o gestor municipal detalhou como está sendo executado o Plano Recife Vacina e pediu a solidariedade de amigos e familiares dos idosos com mais de 85 anos de idade no momento do agendamento por meio do aplicativo Conecta Recife ou do site https://conectarecife.recife.pe.gov.br/.

“Nós vamos visitar todos os centros de vacinação um a um, ao lado da secretária Luciana Albuquerque, para poder verificar tudo aquilo que pode ser melhorado, aperfeiçoado. A gente tem contado com apoio de toda a nossa equipe da saúde, que num tempo tão curto conseguiu montar um sistema de agendamento 100% digital, conseguimos estruturar os centros, priorizando aquelas áreas que não vão atrapalhar o funcionamento, no dia a dia, dos serviços de saúde seja da atenção básica ou da média complexidade, e o funcionamento tem acontecido da melhor forma e, dia após dia, a gente consegue fazer crescer o número de vacinados”, contou o gestor municipal. “Então a gente tem feito isso de maneira bastante intensa e o cuidado é fundamental nesse momento. Então eu vou pessoalmente a todos os centros de vacinação para poder falar com a equipe, para agradecer e para ver todas as melhorias que a gente pode fazer”, complementou ele.

Na ocasião, o prefeito João Campos ressaltou que todos podem ajudar as pessoas com mais de 85 anos a se vacinarem. Sendo parente, amigo ou vizinho, qualquer pessoa pode fazer o agendamento online para a imunização do idoso. “Para quem tiver alguma dificuldade de fazer a marcação, todas as unidades básicas de saúde, os postos de saúde do município, vão ter pelo menos uma pessoa à disposição para fazer esse agendamento. E também tenho pedido a solidariedade das pessoas. Todo mundo que conhece alguém que está no grupo para ser vacinado, procure saber se essa pessoa já fez o cadastramento, ajude essa pessoa. Quem tem uma tia, uma avó, ou mãe com 85 anos ou mais, ajude a fazer o cadastramento, a marcar o dia da vacinação”, solicitou.

A podóloga Sílvia Azevedo levou a mãe para se vacinar no Hipódromo na manhã desta sexta-feira (29): “Esse período de pandemia foi um momento difícil para a gente porque a família é grande, somos sete filhos, muitos netos e bisnetos e ela ficou isolada. Teve um processo depressivo, de início, mas depois teve a conscientização e ela teve que se conformar que os filhos não poderiam visitá-la, e antes a casa antes só vivia cheia. A notícia da vacina foi tudo de bom, ela disse logo que queria e confiou piamente na ciência”. A mãe, Maria José Ferreira, 89 anos, saiu contente da sala de vacinação. “Fiquei muito ansiosa para tomar a vacina, eu nem dormi”, disse ela.

Elielson Lima 29 jan 2021 - 16:06m

Comentários

Escola internacional Novo

Pesquisar

Publicidade

Curta no Facebook

Arquivos do Blog